Resenha: After - livro 01 | Anna Tood


Título: After
Autor: Anna Tood
Editora: Paralela
Número de páginas: 528
Classificação★★★★★
Sinopse: Depois de bater a marca de um bilhão de acessos na plataforma de leitura Wattpad, a série After vira livro e promete ser o novo fenômeno editorial. No primeiro livro, Tessa é uma garota de 18 anos que acaba de deixar a casa de sua mãe para ir morar no campus da faculdade. Estudiosa, responsável e recatada, ela não quer saber de festas e nem de paixões. No primeiro dia na faculdade, Tessa conhece Hardin, um jovem rude, lindo e todo tatuado que implica com seu jeito de garota certinha. Os dois se detestam, mas ao mesmo tempo não conseguem ficar longe um do outro. Logo, começam um relacionamento intenso e turbulento. Consumida por uma paixão que ela imaginava não ser possível, Tessa vê sua sexualidade aflorar. Mas por trás do chame irresistível de badboy, Hardin carrega fantasmas de seu passado, que podem colocar tudo a perder. Depois de Hardin, Tessa nunca mais será a mesma.


                                                                                    – Resenha –

Houve muita animação da minha parte quando eu peguei esse livro na mão, já que eu queria entender o porquê ele teve mais de um bilhão de visualizações no mundo (dados do Wattpad). E isso tudo, quando ele ainda era um "beta", e trouxe a atmosfera das fanfics.

Hardin é inspirado em Harry Styles, um dos membros do One Direction. Os outros quatro músicos da banda – Zayn, Niall, Louis e Liam – também viraram personagens na trama, porém os nomes foram modificados.
    
 Ocorreu uma curiosidade pra entender por que o título é After, assim passando por uma tradução seria "Depois", e isso me fez pensar o sentindo na palavra como título. E é realmente After.

    A temática do livro é um clichê americano, ou seja, colegial. É o primeiro ano de Tessa na faculdade e ela achava que todos os seus planos até se formar iriam se tornar reais, afinal ela já tinha planejado o seu futuro. Mas quando ela se vê em um dormitório com uma garota do estilo diferente do seu, ela começa a perceber que isso não será tão fácil, e encontrar pessoas como ela começa a se tornar cada vez menos comum.    Temos uma boa evolução da personagem aqui, ela é bem centrada e passa do estereótipo de menina boazinha e bobinha. Sim, Tessa é uma garota recatada em tese, já que sua mãe e seu namorado Noah tiveram uma grande influência no jeito de se portar, mas é inteligente e esperta o suficiente pra não acreditar em tudo que lhe propõem e não aceitar que mandem em sua vida, ela também consegue contornar algumas situações difíceis de lidar. 

“Estou constantemente esperando por algo que nunca vem.”

  O romance começa com Hardin, um cara esquisito e tatuado que a irrita a todo instante, além de ser totalmente frio quando lhe dirige a palavra. E como pude perceber que Tessa sempre liga para as aparências, ela se sente rejeitada com os foras de Hardin, mesmo que seja um mero bom dia não respondido. Com essas idas e vindas de ódio entre os dois, o desejo começa aparecer e principalmente a curiosidade de Tessa a experimentar coisas novas junto ao jeito esquisito de Hardin.
           
“Você não faz meu tipo, assim como eu não faço o seu...”
      
   A evolução do personagem de Hardin é lenta, isso torna a sua personalidade dramática e seu passado desconhecido. Além do seu psicológico, que é meramente confuso e dá impressão ao leitor que está perdido aliado a vontade de montar o quebra cabeça que se torna a cada capitulo a mais do livro.
A diferença emocional dos dois personagens é bem divergente, enquanto ela é emotiva e joga seus sentimentos em páginas abertas, ele é retraído e apresenta problemas de dizer como se sente ou simplesmente conversar sobre qualquer coisa que entre neste assunto. A única coisa que se tem em comum, é a personalidade controladora dos dois, e já vemos aqui um ponto que causa brigas.
O final me deixou cambaleante, tive a impressão de ser colocada na pele de Tessa e viver o que ela sentia. Durante todo o livro não consegui identificar os sinais e nesse final percebo todos os detalhes que foram julgados como não importantes, porém funcionam muito bem e estabelece links com as memórias passadas. Não se tem o que falar do tempo e espaço do livro, é confortável e a leitura é leve de maneira que mesmo sendo um livro com bastante páginas, é imperceptível, e se acaba de ler este conto rapidamente. 

 Pra você leitor que gosta de muita emoção é uma ótima leitura!

14 comentários:

  1. Oi Anna!

    Esse livro faz realmente muito sucesso e eu não entendo o porquê. Claro que a história não deve ser só uma história baseada no One Direction, mas acho que boa parte do sucesso é por causa disso... Enfim... Gosto muito de livros que se passam no colegial (ou na faculdade, porque é minha fase de vida agora). Quero muito dar uma chance para esse livro, mas ao mesmo tempo fico com medo de me decepcionar... Sei lá. kkkkkkkkk

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha Olha xará, ainda li não o resto. Mas o primeiro não me decepcionou, ele me surpreendeu até, não é tão cichê como os que eu já havia lido, e é ótimo pra passar o tempo! Só não espere algo de outro mundo por que não é. Sendo bem realista aqui.
      beijo!

      Excluir
  2. Não sei o porquê mas, nunca me interessei pra ler esse livro.
    Mas, que bom que você curtiu. Quem sabe um dia eu mudo minha opinião
    Beijos
    http://balaiodebabados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Anna. Estou bem curioso para ler este livro. Ultimamente, vejo muitos comentários críticos positivos sobre o mesmo, o que acabou despertando um maior interesse. Achei a capa muito bem trabalha, o que resultou em um efeito legal. Ah, gosto também da estória, que é passada em uma faculdades, (estórias em faculdades ♥). Espero gostar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é linda mesmo, sempre me deparo apreciando ela.Leia, é um bom passa tempo.
      bjs

      Excluir
  4. Apesar deu escrever fanfics, li o começo de After e não gostei nem um pouco. Achei que eles se conheceram rápido demais (não sou dessas que aprova o casal no primeiro capítulo) e confesso que achei um pouco clichê, acabei deixando ele de lado mesmo, mas quem sabe um dia eu dou mais uma chance para ele, não é? haha :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O conto é um clichezão mesmo(afinal, estamos falando de colegial), mas a personalidades dos personagens são bem curiosas, e foi que me fez interessar pelo livro. Eu quis descobrir mais sobre os personagens e ver eles evoluindo.

      Excluir
  5. Oie
    Eu estava lendo esse livro mas acabei o abandonado por um tempo.O Hardin é uma montanha russa de emoções,achei ele arrogante em muitas de suas atitudes e palavras.A Tessa também me deu uma irritada com seus dramas e por sempre correr atrás dele novamente mas como ainda falta algumas páginas pra acabar o livro e terminar de ler a série,vai que eu me surpreenda com as novas revelações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem sempre dá pra termos um personagens que nos agradem flor, isso faz parte da construção da estória muito das vezes.Só é péssimo quando as atitudes não tem fundamento, ai é falha do autor.

      Excluir
  6. Amo a banda One Direction, e agora, esse livro arrebatador! After, me merece, eu estou mega com vontade de lê-lo, porém minha impressora ta sem cartucho, e como eu compro? Dá pra ver meu desespero!
    Acho engraçado o fato dos personagens que vão se amar se odiarem, cria todo aquele clima tenso, e de pena.

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Ainda não li esse livro mas depois de ouvir falando tanto nele fiquei muito curiosa, ainda não sei se irei ler, pois acho que irei me irritar por esse ciclo que temos no relacionamento da Tessa com o Hardin e espero que ao decorrer da serie tenhamos um crescimento dos personagens !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fosse se irrita com relacionamentos elásticos, e pessoas voláteis. Bom, talvez, não seja o seu gênero.
      xx

      Excluir