Resenha: O Beijo Traiçoeiro | Erin Beaty

Título:O Beijo Traiçoeiro
Autor: Erin Beaty
Editora: Seguinte
Número de páginas: 440
Classificação:  
Sinopse: "Com sua língua afiada e seu temperamento rebelde, Sage Fowler está longe de ser considerada uma dama — e não dá a mínima para isso. Depois de ser julgada inapta para o casamento, Sage acaba se tornando aprendiz de casamenteira e logo recebe uma tarefa importante: acompanhar a comitiva de jovens damas da nobreza a caminho do Concordium, um evento na capital do reino, onde uniões entre grandes famílias são firmadas. Para formar bons pares, Sage anota em um livro tudo o que consegue descobrir sobre as garotas e seus pretendentes — inclusive os oficiais de alta patente encarregados de proteger o grupo durante essa longa jornada.
Sage Fowler é definitivamente imprópria para o Concordium, evento onde famílias de todo o reino formam uniões matrimoniais: sagaz, rebelde e sem berço de ouro. Após a morte dos pais foi acolhida para casa de Tio William, que nem de longe a considera uma dama.
Após ser classificada como inadequada para o casamento, acaba se tornando aprendiz da casamenteira mais famosa da região, com a missão de seguir a profissão: formar pares entre descendentes das famílias nobres. Para isso, Sage precisa anotar cada detalhe da personalidade e gostos dos candidatos a fim de fazer “escolhas perfeitas", e isso inclui também os oficiais de alta patente que escoltam os organizadores e participantes do evento.
Sage só não esperava se envolver num jogo político e perigoso ao longo do caminho, e ficará difícil escolher em quem confiar para escapar desta situação.

                                                   Resenha

O Beijo Traiçoeiro, de Erin Beaty, me ganhou mais pela sinopse do que pelo título. O original, “The Traitor´s Kiss", que dá margem para interpretação – O Beijo Traiçoeiro ou o Beijo do Traidor – soa mais instigante. Me surpreendi desde as primeiras páginas em como a leitura é fluida e pitoresca. 

Os diálogos e eventos são interessantes e bem estruturados: é fácil se perder por horas na história de Erin, que mistura elementos românticos, de aventura e políticos na narrativa, ganhando profundidade na medida em que avançamos a leitura.

Seria impossível não ficar surpresa com tantas reviravoltas no livro, do início até o fim Erin não deixa seu leitor entediado.  

Além disso, seus personagens são marcantes e bem explorados, para não falar de Sage: uma protagonista forte e de opinião, que tem um papel bem desenvolvido na saga.

A continuação, "A Ruína do Traidor" já está disponível em inglês e promete continuar com uma trama complicada, perigosa e instigante. Para quem gosta de um universo alternativo medieval que não deixa de ter suas pitadas de romance, O Beijo Traiçoeiro é uma leitura que vai surpreender.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário