Crítica | Chorar de Rir


Título: Chorar de Rir
Direção: Toniko Melo
Gênero: Comédia
Nacionalidade: Brasil
Classificação:

Sinopse: Estrela do programa de TV Chorar de Rir, Nilo Perequê (Leandro Hassum) é um grande nome da comédia no país. Quando ganha o prêmio de melhor comediante do ano, o humorista decide mudar radicalmente sua carreira e se dedicar totalmente ao drama, deixando sua família e seu empresário desesperados.

Crítica | Nós

tulo Original: US

Direção: Jordan Peele
Elenco: Lupita Nyong'o, Winston Duke, Elisabeth Moss e Tim Heidecker
Gênero: Terror
Sinopse: Uma mãe (Lupita Nyong’o) e um pai (Winston Duke) levam seus filhos para sua casa de praia esperando se desligarem e se descontraírem com os amigos (incluindo Elizabeth Moss). Conforme a noite chega, a serenidade transforma-se em tensão e caos quando alguns visitantes chocantes chegam sem serem convidados.

Críitica | Cinco Passos de Você


Título Original: Five feet apart
Direção: Justin Baldoni
Elenco: Haley Lu RichardsonCole SprouseMoises Arias.
Gênero: Romance, Drama.
Notinha: 7,5
Sinopse: Aos dezesseis anos de idade, Stella Grant (Haley Lu Richardson) é diferente da maior parte dos adolescentes: devido a uma fibrose cística, ela passa muito tempo no hospital, entre tratamentos e acompanhamento médico. Um dia, conhece Will Newman (Cole Sprouse), garoto que sofre da mesma doença que ela. A atração é imediata, porém os dois são obrigados a manter distância um do outro por questões de saúde. Enquanto Stella pensa em quebrar as regras e se aproximar do garoto da sua vida, Will começa a se rebelar contra o sistema e recusar o rigoroso tratamento.

Resenha: Play | Kylie Scott

Título: Play
Série: Stage Dive # 2
Editora: Universo dos Livros
Autor: Kylie Scott
Número de páginas: 271
Classificação: Nenhuma descrição de foto disponível.  
Sinopse: Ele precisava de uma namorada de mentira. Ela precisava de ajuda financeira. Mas será que eles vão conseguir não misturar os sentimentos com os negócios?
Mal Ericson, o baterista da mundialmente famosa banda de rock Stage Dive, precisa melhorar sua imagem, e rápido. Ter uma boa garota ao seu lado parece ser o suficiente. Mal não planejara que este artifício temporário se tornasse permanente; no entanto, ele não esperava encontrar o amor de sua vida.
Anne Rollings jamais pensou que conheceria o rockstar que inundava as paredes de seu quarto na adolescência - especialmente não naquelas circunstâncias. Anne está com problemas financeiros, e dos grandes. Porém, ser paga para ser a namorada de mentira de um selvagem e festeiro baterista não poderia terminar bem, não importa se ele é muito gostoso. Será que um final feliz é possível nesse caso?

Crítica | Happy Hour - Verdades e Consequências

Resultado de imagem para crítica happy hour
Título: Happy Hour - Verdades e Consequências
Gênero: Comédia Dramática
Elenco: Letícia Sabatella, Pablo Echarri, Luciano Cáceres, Juliana Carneiro da Cunha.

Direção: Eduardo Albergaria
Notinha: 8/10


Sinopse: Após um acidente, Horácio (Pablo Echarri) muda completamente suas perspectivas de vida e decide confessar para sua esposa, Vera (Letícia Sabatella), que deseja ter relações com outras pessoas, embora ainda queira continuar o casamento. Confusa e inserida em um momento profissionalmente complicado, ela não gosta da ideia mas percebe que precisa, mais do que nunca, continuar seu casamento.