Resenha: Lobos de Calla - A Torre Negra #5 | Stephen King

Título: Mago e Vidro - A Torre Negra #5
Autor:  Stephen King
Editora: Objetiva
Número de páginas: 744
Classificação: 
Sinopse: Depois de escapar das perigosas entranhas de Blaine, o monotrilho desgovernado, e das garras do vingativo feiticeiro Randall Flagg, Roland e seu Ka-tet retomam o caminho do Feixe de Luz que conduz à Torre Negra, centro de todo tempo e todo espaço.
Nas fronteiras do Mundo Médio, o grupo de pistoleiros é abordado por um assustado grupo de representantes da cidade de Calla Bryn Sturgis. Dali a menos de um mês, Calla será atacada pelos Lobos - cavaleiros mascarados que surgem uma vez a cada geração, para roubar metade das crianças da cidade e devolvê-las semanas depois, física e mentalmente incapacitadas.
Enquanto isso, na Nova York de 1977, a Corporação Sombra planeja atacar o terreno baldio na esquina da Segunda Avenida com a Rua Quarenta e Seis onde floresce uma rosa - na verdade a Rosa, manifestação da Torre Negra no mundo atual.
Como Roland e seus amigos poderão ao mesmo tempo salvar a Rosa e combater os Lobos? Somente com a ajuda do Treze Preto, o mais poderoso dos Globos do Mago, na verdade o próprio olho do Rei Rubro. Mas, para alvar o mundo do caos, os pistoleiros terão de aprender a confiar nesse objeto sinistro e traiçoeiro...
Inspirada no universo imaginário de J.R.R. Tolkien e no poema épico do século XIX "Childe Roland à Torre Negra Chegou", A Torre Negra mistura ficção científica, fantasia e terror numa narrativa que forma um verdadeiro mosaico da cultura popular contemporânea.

Top 10: Agatha Christie

E mais uma vez, lá vou eu falar da minha autora preferida, a verdadeira Rainha da Inglaterra (sorry, Elizabeth!). Ok, eu já citei a Agatha Christie em muitas resenhas, mas acho que ainda não escrevi sobre ela aqui no blog. Então, para corrigir essa falha, vou logo falar sobre as 10 histórias da Agatha Christie que eu mais gostei de ler!

Jogos Maníacos: Indie Games


Sinopse

Você ja ouviu falar de Angry Birds, Minecraft, Slender, Journey ou Super meat boy? Sabe o que eles têm em comum? Todos eles são ou já foram um jogo indie. Sabe o que é isso? Não?! Então chegue mais e vamos conversar um pouco sobre isso.

Resenha : O lado bom da vida I Matthew Quick

Título: O Lado Bom da Vida
Título Original: The Silver Linings Playbook
Livro Único
Autor: Matthew Quick
Editora: Intrínseca
Páginas: 256
Ano: 2013

Classificação : Nenhum texto alternativo automático disponível.

Sinopse

Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele 'lugar ruim', Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um 'tempo separados'. Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. Uma história comovente e encantadora, de um homem que não desiste da felicidade, do amor e de ter esperança. 

Crítica | Power Rangers

Título: Power Rangers
Direção: Dean Israelite 
Elenco: Dacre Montgomery, RJ Cyler, Naomi Scott

Sinopse:

A jornada de cinco adolescentes que devem buscar algo extraordinário quando eles tomam consciência que a sua pequena cidade Angel Grove - e o mundo - estão à beira de sofrer um ataque alienígena. Escolhidos pelo destino, eles irão descobrir que são os únicos que poderão salvar o planeta. Mas para isso, eles devem superar seus problemas pessoais e juntarem sua forças como os Power Rangers, antes que seja tarde demais.