Resenha: O Duque e Eu | Julia Quiin


O Duque e Eu
Título: O Duque e Eu                                                       Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 288
Classificação: 


Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.

Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.

Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Resenha: Suzy e as águas-vivas | Ali Benjamin

Título: Suzy e as águas-vivas
Autor:  Ali Benjamin
Editora: Verus
Número de páginas: 223
Classificação: 
Sinopse: Às vezes, quando nos sentimos mais solitários, o mundo decide se abrir de formas mágicas.
Suzy Swanson está quase certa do real motivo da morte de Franny Jackson. Todos dizem que não há como ter certeza, que algumas coisas simplesmente acontecem. Mas Suzy sabe que deve haver uma explicação — uma explicação científica — para que Franny tenha se afogado.
Assombrada pela perda de sua ex-melhor amiga — e pelo momento final e terrível entre elas —, Suzy se refugia no mundo silencioso de sua imaginação. Convencida de que a morte de Franny foi causada pela ferroada de uma água-viva, ela cria um plano para provar a verdade, mesmo que isso signifique viajar ao outro lado do mundo... sozinha. Enquanto se prepara, Suzy descobre coisas surpreendentes sobre o universo — e encontra amor e esperança bem mais perto do que ela imaginava.
Este romance dolorosamente sensível explora o momento crucial na vida de cada um de nós, quando percebemos pela primeira vez que nem todas as histórias têm final feliz... mas que novas aventuras estão esperando para florescer, às vezes bem à nossa frente. 

CCXP chega ao fim com um dia de muitas surpresas

Chega ao fim mais uma CCXP que foi bem arrasadora em termos de nos levar a ter ataques cardíacos e de ansiedade. Depois de mais calmos, agora que a poeira baixou, vamos fazer um levantamento daquilo que foi mais importante no último dia dessa edição da Comic Con Experience.





Mangá : Orange

Titulo: Orange 
Autora : Ichigo Takano
Editora :JBC            
Publicação : 2012-2015

Sinopse : No primeiro dia de aula, Naho Takamya recebe uma carta misteriosa de si mesma 10 anos no futuro, que a aconselha a não realizar certas ações. Mas ela ignora, os amigos de Naho convidam o novo menino que chega de Tóquio, Kakeru, para sair depois da escola. Mas algo terrível acontece a Kakeru nesse dia. Algo que poderia ter sido evitado se Kakeru regressasse à casa mais cedo.A par disso, Naho decide seguir as instruções recebidas do futuro, onde Kakeru não existe.


Divulgado o Primeiro Vídeo do Filme do Pica-Pau

Todos sabem que está rolando a nossa amada Comic Con. A grande novidade, é que nesse sábado, dia 03, foi divulgado o primeiro trailer do longa-metragem estrelado pelo Pica-pau.

O passarinho mais querido do mundo vai às telonas em Outubro do ano que vem, num filme que irá mesclar animação e personagens de verdade, o que é muito apreciado pela crítica e pelo público criado à base de “Space Jam”.