Resenha: Não se apega, não | Isabela Freitas


Título: Não se apega, não
Autor: Isabela Freitas
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 254
Classificação: ★★★



Sinopse

Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar o namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal PER-FEI-TO! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos. Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, com as tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado.


Resenha

      
“Não se apega, não” conta a historia do fim do namoro de Isabela. Começar o livro pelo ponto final é meio estranho para qualquer uma que adora um romance e um felizes para sempre eu.




Daí comecei a ler e fiquei meio confusa com o tom tão informal da escrita da Isabela Freitas, mas acabei me acostumando depois de pesquisar um pouco e ver que ela também é uma blogueira e usa uma linguagem coloquial em suas postagens, como todo blogueiro.
     
Como disse, ela começa contando do final do namoro dela e do por que de ela ter terminado o relacionamento longo para os padrões atuais.
      
Para mim é difícil dizer isso (livros, na minha humilde opinião, não devem ser classificados por gênero), mas este é um livro inteiramente voltado para mulheres. Quem já terminou um relacionamento sabe bem as fases que marcam o período de “luto” por assim dizer.
     
 De uma forma  humorada e um tanto dramática, Isabela (não a autora, a personagem) vai aprendendo a voltar a vida sem namoro e a aprender a conviver com ela mesma.
     
 Para definir melhor “Não se apega,não” é quase como um diário. Somos apresentados a fatos, pensamentos e diálogos de uma forma dinâmica e simples o que torna a leitura rápida. 
      
É claro que como todo romance acabamos torcendo por um final romântico feliz, mas acabamos aceitando o final feliz que a autora escolheu para sua personagem homônima.

     
 Desde de que comecei a comentar os livros aqui no clube, nunca cheguei a falar sobre diagramação, detalhes de capa nem nada disso. Mas achei extremamente interessante o que Intrínseca fez com  o livro da Isabela Freitas. Entre os capítulos, encontramos páginas pinks com frases facilmente encontradas em “twittadas” por ai (não encontrei informação se as frases vieram do twitter da autora), mas que se encaixam no momento do livro ~ e me obrigaram a sacar o post-it e marcar várias páginas.


clica que aumenta ;)

     
 Não precisei ficar com a mão doendo para tentar ler a página até a dobra. Mas eu sou bem suspeita para falar já que adoro o trabalho da editora (como não babar com o livro “Eu me chamo Antônio”?)



     
 Se você gosta de romance e quer dar uma relaxada entre um livro mais intenso e outro, recomendo o livro da Isabela Freitas. É uma leitura rápida e que irá render boas risadas. 




Por Odyle Torres

4 comentários:

  1. Oi, Odyle! Esses dias fui na livraria e até peguei Não Se Apega Não na mão pra comprar, mas deixei pra próxima. Quero muito ler!

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Natália!
      Quem busca uma leitura tranquila, "Não se apega, não" é uma boa!
      bjus

      Excluir
  2. Já tinha visto alguns comentário sobre esse livro em um grupo do qual participo. Agora com a resenha,me identifiquei com esse livro. Vou comprá-lo com certeza. Gostei bastante da sua resenha.

    http://renata-filosofando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Renata!
      o livro é divertido! e nós, mulheres, nos identificamos com boa parte dele!
      espero que goste do livro!
      bjus

      Excluir