RESENHA: DESVENTURAS EM SÉRIE - MAU COMEÇO | LEMONY SNICKET


Título: Mau Começo
Autor: Lemony Snicket
Editora: Companhia Das Letras
Gênero: Suspense \ Gótico
Número de páginas:
 152
Classificação: ★ ★ ★ ★  

– Sinopse –
 Após o trágico incêndio que levou a perda dos pais, os irmãos Baudelaire (agora órfãos Baudelaire),são obrigados a morar com um parente distante, denominado Conde Olaf. Na classificação de pessoas mais infelizes do mundo - e elas realmente não são poucas - os irmãos Baudelaire ocupam o primeiro lugar. Mas quem são eles? Violet, a mais velha com seus 14 anos, adora fazer planos e inventar engenhocas. Klaus,o irmão do meio, é um verdadeiro amante de livros aos seus doze anos de idade já leu mais livros do que a maioria dos adultos .Sunny,a mais nova, é apenas um bebê e, apesar de possuir apenas quatro dentes, adora morder coisas. E o Conde Olaf, o arqui-inimigo dos irmãos Baudelaire, é homem revoltante e pérfido.



– Resenha –

Mau começo é o primeiro livro da saga Desventuras em Série, que tem no total 13 volumes.  A série se trata das aventuras (e desventuras ) dos três órfãos Baudelaire. Logo na primeira página, o autor já avisa que a história (infelizmente) não possui um final feliz, diferente de muitos livros destinados ao público infanto-juvenil.

"Se vocês se interessam por histórias com final feliz, é melhor ler algum outro livro. Vou avisando, porque este é um livro que não tem de jeito nenhum um final feliz, como também não tem de jeito nenhum um começo feliz, e em que os acontecimentos felizes no miolo da história são pouquíssimos." Apesar da história não possuir um final feliz, o enredo é bem interessante e os personagens carismáticos, o que torna a leitura, na verdade, leve e divertida.

O Conde Olaf, o grande vilão deste e dos outros volumes, possui algumas características bem distintas, como uma unica sobrancelha acima dos olhos e um olho tatuado em seu calcanhar. Também como todo vilão ele age rudemente e possui um aspecto frio e asqueroso. Os protagonistas da saga, ao contrário, são muito inocentes, o que facilita eles serem enganados pelo impiedoso conde. 
        
O livro possui uma linguagem simples e cativante: a história é inteiramente narrada em terceira pessoa. Em algumas partes do enredo, o autor (Lemony Snicket ) dá a sua opinião sobre a trama e o comportamento do personagem em relação ao ocorrido, o que muda a perspectiva do leitor, tornando a leitura mais agradável. Esse livro é bastante diferente dos best-sellers atuais, e o final inconclusivo dá um ar mistério, e nos leva a ler o próximo volume.

A.: Ruana Ribeiro

0 comentários:

Deixe seu comentário