Resenha: Mentirosos | E. Lockhart

Título: Mentirosos (We Were Liars)
Autor: E. Lockhart
Editora: Seguinte
Gênero: Thriller Psicológico
Número de páginas: 272 
Classificação: ★★★★★
Sinopse: Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular. Cadence - neta primogênita e principal herdeira -, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos. Durante o verão de seus quinze anos, as férias idílicas de Cadence são interrompidas quando a garota sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu.

 Resenha 

O livro está dividido em 5 partes: Bem-Vindo; Vermont; Verão dos Dezessete; Olhe, Fogo; e Verdade. Em “Bem-Vindo”, a família Sinclair nos é apresentada. Trata-se de uma família tradicional americana da high society. O patriarca, Harris Sinclair, é proprietário de uma ilha, onde juntamente com sua esposa e três filhas, ele passa seus verões. Suas três filhas se casaram e deram a Harris vários netos, dentre eles estão Mirren, Johnny e Cadence (protagonista). Gat, o sobrinho do esposo de uma das filhas Sinclair, é convidado a passar suas férias de verão na ilha e completa o quarteto de crianças mais velhas, conhecido como Mentirosos.
  
A família Sinclair tem uma grande reputação social a zelar. Um Sinclair é reconhecido pelos seus hábitos e refinamento. Porém essa família apresenta problemas comuns a qualquer outra, tendo como fator agravante o grande poder aquisitivo.
  
No verão dos quinze anos, Cadence sofre um acidente que resulta em uma amnésia seletiva e fortes dores de cabeça. As lembranças daquele verão ficaram todas fragmentadas e a recusa dos seus familiares em esclarecer suas dúvidas se tornará motivo de angústia e tristeza.  
   
Este é o plot, o mínimo que você souber sobre esse livro, melhor! Mentirosos é narrado em primeira pessoa, entraremos na cabeça de Cadence, agora com dezessete anos. Iremos acompanhá-la em sua investigação e no preenchimento das lacunas dos acontecimentos do verão dos quinze. A atmosfera de mistério é inquietante, a imersão na história é inevitável.
  
Concordo com John Green (autor de A Culpa é das Estrelas), esse livro é "devastadoramente inteligente", você não será o mesmo ao término da narrativa. Fiquei horas pensando na história, o desfecho dado é Fo%#@..! Você se sente maltratado. Ao fechar o livro vem uma vontade súbita de relê-lo para prestar mais atenção nos pormenores. Que livro BOM!!!

Quer um conselho? Leia com muita atenção.  


Por favor, LEIA!!!!!!!!!!!

0 comentários:

Deixe seu comentário