Resenha: Tocando as estrelas | Rebecca Serle

Título: Tocando as estrelas 
Autora: Rebecca Serle
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 224
Classificação:★★★★★
Sinopse: Tocando as estrelas - Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagem no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte.


– Resenha –

Quando eu vi que esse livro era lançamento da Novo Conceito do mês de Junho, me apaixonei á primeira vista pela sinopse e a capa também me chamou muita atenção.

Paige Townsen é uma jovem de uma pequena cidade, tem dezessete anos, e desde pequena adora atuar, não tem tanto apoio de sua mãe e vem de uma família relativamente grande.

Claro, não posso esquecer de seus melhores amigos: Cassandra - com sua obsessão pela vida de atrizes e atores hollywoodianos e Jake com mania de protestos e manifestações ambientais. 

Paige sempre sonhou em se tornar atriz e, por acaso, o destino está a favor dela dessa vez. Ela acaba conseguindo o papel principal na adaptação do filme "Locked ", uma trilogia que faz muito sucesso entre os jovens. 

''Quero que saiba que não precisa passar por nada sozinha. Aconteça o que acontecer, eu estarei por perto. Prometo.''

Em, mais ou menos, um mês, Paige troca as ruas de sua cidade natal para um set de filmagens situado nas margens de Maui no Hawai, e ao mesmo tempo vai conhecendo e começa a "gostar " de Rainer Devon, uma das estrelas do filme. Mas quando Jordan Wilder, lindo e com fama de bad boy, chega ao set de filmagem para assumir o papel de um dos protagonistas do famoso triângulo amoroso do filme a vida louca de Paige fica ainda mais louca.

Você é linda - continua ele e inteligente. E talentosa. Gosto de sua coragem, de sua falta de pretensão. Eu gosto de ver como tudo isso é novo para você. Você é tão verdadeira.”

O que mais gostei da história foi que a autora não deu tanta importância ao triângulo amoroso, ela nos transportou para os bastidores das gravações mostrando que esse meio não é tão glamoroso e cheio de felicidade como muitos pensam, ela traz à tona algumas das dificuldades como as complicações de se manter as amizades e entre outras coisas.

O final foi simplesmente explosivo com várias revelações, decisões tomadas por amor e muito mais.

A leitura foi bem rápida, cativante e fluída. E estou muuuuito ansiosa para ler a continuação.


Recomendo a leitura!

0 comentários:

Deixe seu comentário