RESENHA: A HOSPEDEIRA | STEPHENIE MEYER

Título: A Hospedeira
Autor: Stephenie Meyer 
Editora: Intrínseca 
Número de páginas: 560
Sinopse: Melanie stryder se recusa a desaparecer. Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos “selvagens” que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a “alma” invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam. 


– Resenha –

Nova série de livros da autora Stephenie Meyer, autora de Crepúsculo. Essa resenha é de ambos (filme e livro).

Eu gostei do filme pois diferente de algumas adaptações, achei essa bem fiel, apesar de claro ser mais direto representou bem a história. 

Os lados positivos dessa história é a originalidade, um bom livro para quem gosta de ficção.

Melanie uma menina forte, que parecia ser a última da espécie além do seu irmão à não ser sucumbida pelas almas de outros planetas que começam a dominar o nosso. Em meio a solidão conseguiu encontrar Jared uma paixão inesperada. 

O amor por Jared parece ser tão forte que Melanie resiste a alma impregnada em seu corpo após ser capturada. Agora ela e Peregrine disputam pelo domínio do corpo. Peregrine curiosa decide ajudar a garota a voltar para casa para rever seu irmão e Jared. 

Uma decisão não muito sábia pois por isso começou a ser procurada pela sua mesma espécie. Além da longa jornada para chegar até Jared.

Em meio a essa aventura Melanie tem se adaptar novamente a nova vida e a companheira de mesmo corpo, enquanto Peregrine parece começar a conhecer a mente e comportamento humano e aos poucos fica cada vez mais apaixonada por esse mundo tanto que gostaria de começar a fazer parte dele. 



4 comentários:

  1. Essa capa é demais! Já estou com vontade de ler.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  2. Só assisti ao filme, porém não posso dizer se é ou não fiel ao livro porque ainda não o li, porém logo lerei.
    Só fiquei meio decepcionada, por não conhecer a historia direito, já que assisti só a metade, então fiquei com pontas soltas.

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Conheci a historia pelo filme pois tinha muito receio em ler o livro, mas assim que terminei de assistir o filme procurei o livro e adorei a historia e a capa está linda !!

    ResponderExcluir
  4. Laura, eu me desanimei com a leitura de A Hospedeira pelo fato das altas críticas negativas feitas à ele, mas ainda pretendo lê-lo, não por agora. Fico feliz que tenha achado uma ficção original para o livro.

    ResponderExcluir