RESENHA: MAYBE SOMEDAY | COLLEEN HOOVER


Título: Maybe Someday
Autor: Colleen Hoover
Editora: Atria Books
Número de páginas: 385
Classificação: ★★★★★
Sinopse: Aos 22 anos, Sydney tem uma boa vida: Ela está na faculdade, tem um emprego estável, está apaixonada por seu namorado, Hunter, e divide o apartamento com sua melhor amiga, Tori. Porém, tudo muda quando ela descobre que Hunter a está traindo e ela é forçada a tomar uma decisão sobre o que fazer a seguir.Logo, Sidney irá descobrir-se capturada por seu misterioso e atraente vizinho, Ridge.  Ela não consegue parar de observá-lo e ouvir a maneira apaixonada com que ele toca o violão todas as noites de sua varanda. E há algo em Sidney que Ridge também não consegue ignorar. Uma história apaixonante sobre amizade, traição e romance. Maybe Someday irá mergulhar os leitores no mundo tumultuoso de Sydney desde a primeira página.



Resenha

Ah, aniversário! É um dia mágico, cheio de festa, comemoração, presentes, pessoas lhe paparicando e dando parabéns, certo? Não para Sidney. No dia de seu 22º aniversário seu mundo resolve desabar sobre sua cabeça.
Sidney descobre que seu namorado, Hunter, e sua melhor amiga, Tori, têm um caso a um bom tempo e bem debaixo do seu nariz. Não suportando mais a presença dos dois traidores, ela decide sair de casa.

Ela acaba sentada na fonte de pedra em frente ao apartamento, desempregada, com sua bagagem ao seu redor, com a mão dolorida (por ter acertado um soco em cada um...), totalmente sozinha e sem teto se perguntando o que mais poderia dar errado. E, como se para lembrá-la de que sempre dá para ficar pior, a chuva espessa de verão cai sobre ela.

Ela é resgatada por um total desconhecido enviado por seu vizinho, Ridge. Este é outro em que ela está louca para descontar sua raiva por ter descoberto sobre a traição e não tê-la contado antes. Porém, ela não pode ficar brava com ele. Não com aqueles olhos. Não com aquele sorriso.

Ridge costumava tocar de sua varanda e encantar Sidney com sua música. Seu modo de tocar a fascinava e a fazia criar letras para suas melodias. Até que um dia ele a viu cantando, acompanhando sua música, e uma parceria surgiu instantaneamente. Estudante de música, ela se envolveu na paixão dele e ambos começaram a dividir o amor pela composição, até então apenas por mensagens de texto. Em nenhum momento Sidney pensou em trair Hunter, mesmo sentido uma atração estranha por Ridge, que ela mal conhecia. E é por isso que ela se sentiu ainda mais traída, pois ela nunca seria capaz de fazer algo igual com Hunter e Tori.

Sem saída, Sidney se muda para o apartamento de Ridge. Ela poderia voltar para a casa dos pais, mas isso daria motivos para eles lhe acusarem da própria ruína e lhe jogarem na cara como ela devia ter escolhido Direito ao invés de Música, como ela não deveria ter se mudado para tão longe e engatado em um namoro sério tão rapidamente.

A convivência com Ridge, Warren e Bridgette, seus novos colegas de apartamento, de alguma forma a ajudaram-na a curar as feridas e seguir em frente.  Sidney e Ridge começam a passar muito tempo juntos, compondo. Tudo acontece muito naturalmente entre eles e Ridge oferece todo o conforto que ela precisa nesse momento. Um relacionamento entre eles seria perfeito, se não fosse por um único empecilho: Maggie, a namorada dele.

Como ela suspeitava desde o início, não poderia ter feito escolha pior. A proximidade de Ridge e a impossibilidade de ficarem juntos começam a sufocá-la. Estar tão perto e tão longe dele se torna cada vez mais insuportável. Enfim ela se vê pensando em quando começou a se parecer com Tori. Seria ela capaz de se envolver com Ridge e participar de uma traição? Poderia ela causar o mesmo sofrimento que sentiu na pele a outra pessoa?

Que tal ler para descobrir?

Fique à vontade para se envolver nessa história marcante. Muito mais que um romance, Colleen consegue explorar os pontos fracos de seus leitores e emocionar com facilidade. Explorando o amor pela música, uma deficiência, lealdade, traição, amor e decepção em uma só história cheia de reviravoltas.


Boa leitura!!!

6 comentários:

  1. Olá, Nathasha. Confesso que durante a resenha me perdi um pouco com a estória de Maybe Someday, mas essa bagunça mental não conseguiu fazer com que o livro me desagradasse, assim como também não agradou-me de forma imensa. É uma estória leve que eu leria sim, mas não no momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ycaro, a confusão é realmente algo bastante presente na vida da Sidney, principalmente em seus sentimentos. É um livro para ser abraçado e estar aberto para se envolver. De qualquer modo, quando achar que é o momento certo, não deixe de ler. Obrigada.

      Excluir
  2. Não li o livro e já ouvi muitas pessoas falando bem dele. E mesmo sendo um dos que também está na minha lista. Uma pena a vida de Sidney ter ido de mau a pior, sinceramente, eu não queira ter a sorte que ela tem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente. Mas acho que só quando se sabe o que é chegar no fundo do poço e que se consegue viver plenamente e ser grato quando tudo começa a dar certo ;)

      Excluir
  3. Oi!
    Vejo as pessoas falarem muito dos livros da Colleen Hoover e sempre tive muita curiosidade em ler mas só li um conto dela, gostei muito desse livro fiquei com muita dó do Sidney no começo do livro e fiquei muito curiosa sobre o livro !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, Suzana. É surpreendente e adorável. Você não vai se arrepender =)

      Excluir