Resenha: Herdeiro do Império | Timothy Zahn

Título: Herdeiro do Império – Trilogia Thrawn – I
Autora:  Timothy Zahn
Editora: Aleph
Número de páginas: 472
Classificação★★★★★
Sinopse: Luke, Han e Leia enfrentam uma nova ameaça. Cinco anos após a destruição da Estrela da Morte, a ainda frágil República luta para restabelecer o controle político e curar as feridas deixadas pela guerra que assolou a galáxia. O Império, porém, parece não ter morrido com Darth Vader e o imperador. Habitando os confins da galáxia, o grão-almirante Thrawn, gênio militar por trás de diversas ações imperiais, ainda luta para reconquistar o poder perdido. A bordo do destroier estelar Quimera, ele descobre segredos que lhe darão a chance de destruir definitivamente o que restou da Aliança Rebelde, para assim retomar o domínio da galáxia e controlar os últimos dos Jedi.

Resenha

Alguns anos após o ocorrido em O Retorno do Jedi, a Nova República ainda se depara com os fiéis ao Império. Ainda há muito trabalho e alianças a serem feitas na galáxia. Leia Organa está casada com Han Solo e espera por gêmeos enquanto tenta aprender mais sobre as habilidades Jedi.  Além do trio Luke, Han e Leia, encontramos personagens memoráveis como Chewbacca, C-3PO e R2D2. O foco do livro porém, vai para o Grão-Almirante Thrawn, um líder militar. Sua pele azul e olhos vermelhos tornam o personagem bastante intimidador e, ao invés do uso da força, é extremamente estrategista, sempre prevendo os movimentos dos seus oponentes. Seus principais aliados são o oficial Pellaeon e o Mestre Jedi Joruus C'baoth.



   Thrawn está atrás dos ysalamiri, criaturas que criam “bolhas” que bloqueiam a Força. Para isso, ele conta com o contrabandista Talon Karrde e sua aliada Mara Jade, essa última uma personagem de características fortes e um único objetivo em mente: a morte de Luke Skywalker.


   Intercalando capítulos que mostram o ponto de vista de vários personagens, o livro tem uma narrativa difícil em certos pontos para quem não está habituado a Star Wars. Não é raro se deparar com nomes como Ackbar, Fey’lya e Vornskr, mas nem por isso perde a sua qualidade. Um outro ponto que achei interessante foram os detalhes mostrados em relação a kashyyyk, o planeta dos Wookies – a “raça” de Chewbacca

   As cenas estão bem detalhadas, inclusive as batalhas, que trazem aquela nostalgia clássica de estar assistindo os filmes mais uma vez. Herdeiro do Império marca a volta de Star Wars aliado ao universo expandido através da trilogia Thrawn – onde infelizmente, após os direitos da Lucasfilm serem vendidos a Disney, foi retirada como continuação oficial da série, ou seja: a nova trilogia “deixou de fazer parte da história”. As sequências do livro são a Ascensão da Força Sombria e o lançamento da Aleph em outubro: O Último Comando.
   O novo filme de Star Wars será lançado em 17 de dezembro no Brasil e terá o título O Despertar da Força – Episódio VII.

   Obs: para aqueles que tem dúvida de por onde começar a ler os livros da série, aqui segue a cronologia divulgada pela editora para a leitura: Cronologia Star Wars. Que a força esteja com você, jovem Padawan!

1 comentários:

  1. Oie ...
    Adorei sua resenha !!!
    Acredita que até hoje não li nada de "Star Wars" ? Pois é , uma vergonha !!!
    Quero ver se começo á ler já já ...
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir