RESENHA: TODA SUA | SYLVIA DAY

Título: Toda Sua
Autor: Sylvia Day
Editora: Paralela
Séria: Crossfire
Número de páginas: 280
Classificação: 

Sinopse: Eva Tramell tem 24 anos e acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Tudo parece correr de acordo com o plano, até que ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela — e provavelmente qualquer outra pessoa — já viu.
Gideon imediatamente se interessa por Eva, que faz tudo o que pode para resistir à tentação. Mas ele é lindo, forte, rico, bem-sucedido, poderoso e sempre consegue o que quer — e é claro que Eva acaba se entregando.
Uma relação intensa começa. O sexo é incrível. Capaz de levar os dois a extremos a que jamais tinham chegado. E, então, eles se apaixonam — o que pode ser tanto a chave para um futuro feliz quanto a faísca que trará de volta os traumas do passado.







                                                 – Resenha –

“Cinco minutos com o Sr. Moreno Perigoso e eu já estava me sentindo dominada por um impulso impaciente e inquietante.” (Eva Tramell)

Aí você lê 50 tons de cinza milênios antes de fazer sucesso, se apaixona pela história de amor que é contada (além de uns detalhes picantes nunca lidos antes) e cai em uma ressaca literária daquelas. Assim fui apresentada ao gênero Hot. Mas e agora? O que ler depois?  

Foi então que Toda Sua apareceu dentre diversas sugestões. Embarquei na leitura cheia de expectativas e logo fui cativada pelo romance singular de Eva Tramell e Gideon Cross.

Recém instalada em Nova York, Eva está pronta para iniciar uma nova etapa de sua vida. Dividindo o apartamento com o seu melhor amigo e conselheiro, Cary Taylor, ela começa a sentir-se dona de sua própria vida, fora das garras super protetoras da mãe.

Eva é contratada por uma das maiores agências de publicidade do país, a Waters Field & Leaman, e está especialmente animada por não ter conseguido o emprego através da influência de Stanton, seu padrasto zilionário.

A consagrada empresa é sediada nada menos do que no prédio mais imponente da cidade: o Crossfire. No dia antes de começar na empresa, Eva sai em uma caminhada para cronometrar o tempo que levaria de casa até o escritório a pé. E é assim, vestida com suas roupas de ginástica e tênis, estendida no chão do saguão (devido a uma pequena interorrência), que Eva coloca seus olhos pela primeira vez no Sr. Moreno Perigoso.

Paralisada com tamanha beleza e perfeição, ela não consegue nem se levantar sozinha. É quando o monumento em forma de homem estende sua mão para ela e o toque de sua pele lhe causa um choque imediato.

Nos dias que se seguem torna-se impossível ignorar a presença daquele homem misterioso e sexy, cruzando com ele no saguão e elevadores. Até que ela descobre (de uma maneira surpreendente) que o Deus da sensualidade é ninguém menos que o dono do prédio e da principal empresa dele, Gideon Cross, diretor das Indústrias Cross.

Decidido e sem rodeios, na primeira oportunidade que tem, Gideon aborda Eva sem pudor e isso abala suas estruturas. Ela fica tonta e sem saber realmente como se sente (com raiva, desejo, ofendida, excitada...).

A tensão sexual está presente em cada vez que os dois ocupam o mesmo espaço e, logicamente, eles não irão suportar a distância física por muito tempo.

Muito mais do que um conto erótico, a história de Eva e Gideon é profunda e complexa. O passado dos dois é algo que ambos enterram fundo em seu subconsciente, porém essa relação explosiva irá trazer antigos traumas à tona.

Primeiramente escrito para ser uma trilogia, mas o grande sucesso impulsionou a autora a continuar a história de um dos casais mais quentes da literatura.

Não hesite em embarcar você também na leitura dessa série intensa e apimentada.


Boa leitura!

10 comentários:

  1. Adoreiiii a resenha
    Tava querendo saber se esse livro é bom e eu iria gostar , mas com essa resenha vou dar uma chance

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, flor!
      Leia sim, e aproveita pra ler sem sofrer esperando as continuações kkk

      Beijos.

      Excluir
  2. Caramba Natasha! Eu tenho o livro e já li os três primeiros mas não conseguiria por em palavras o que você escreveu. Ficou simplesmente perfeita a sua resenha, eu amei!
    Não gostei muito da premissa do livro, infelizmente. Parece que existem muitos com o mesmo tema, mas acho que vou reler e dar outra chance a série.
    Beijos!
    http://oreinoencantadodeumaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mariã.
      Que bom que gostou!
      Eu costumo sempre dar uma nova chance para o livro, ver de um novo ângulo um tempo depois.

      Beijos.

      Excluir
  3. Amei essa resenha. Eu já tinha um interesse em ler este livro e só havia lido o 50 tons desse gênero. Já estava na lista mas agora ele vai ser antecipado com certeza. kkkkk
    Beijos.

    http://as-coisas-mais-doces.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Aline,

      Que ótimo! Leia sim, é algo bem diferente de 50 tons, mas você vai amar!

      Beijos.

      Excluir
  4. Desde que esse livro foi lançado eu quis ler, pena que nunca tive a oportunidade T.T

    Beijokas da Mylloka :*
    http://myllokasecret.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mylla!

      Ahhh, agora já está mais do que na hora então!

      Beijos.

      Excluir
  5. Quando vi esse livro achei que seria uma cópia do 50 tons, mas bastante gente elogia.
    Vou ler e tirar minhas conclusões haha
    adorei a resenha
    www.sonhosliricos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiê, Tainá.

      Te garanto que não é cópia de 50 Tons! É diferente e bastante apimentado.
      Leia sim.
      Que bom que gostou da resenha!

      Volte sempre.

      Beijos.

      Excluir