Resenha: Aos Olhos de Zoe | Camila Pelegrini

Título: Aos Olhos de Zoe
Autor:  Camila Pelegrini
Editora: Coerência
Número de páginas: 392
Classificação: 

Sinopse: O que você acha que seu cachorro diria sobre a sua vida? Como ele contaria sua história?
Bem, a sua eu não sei, mas a de Melissa, Zoe revelou perfeitamente.
Após ser resgatada da rua, a cachorrinha mais sábia de todos os tempos acompanha a trajetória de sua nova família, relatando a história do fim de um amor e do começo de outro, apontando suas dúvidas sobre os erros humanos e fazendo das menores coisas do dia a dia a sua felicidade infinita.
É mais do que um romance. É um ensaio sobre a amizade, a fidelidade e o amor em sua forma mais pura. É Zoe salvando aqueles que um dia a resgataram.
Seja bem vindo à história de uma vida retratada "Aos olhos de Zoe".




                                                – Resenha –

“Por vezes, não é de palavras que se precisa. Palavras cansam. Às vezes, tudo o que se quer é o sossego do silêncio. Às vezes, basta estar presente, permanecer ao lado, o coração perto. Talvez fosse justamente este o motivo que fizesse com que Mel sempre dissesse ser extremamente difícil manter-se triste perto de mim.”

Camila Pelegrini é uma fofa. Já li seu primeiro livro, Sombras do Medo,(aliás, tenho a primeira edição! haha) e comprei diretamente com ela. Fiz o mesmo com Aos Olhos de Zoe. E eu notei uma evolução linda na sua escrita, de tal modo que li o livro em um dia e meio!!! hahaha… E não, não estou falando mal de Sombras, é um livro super legal. Mas Aos Olhos de Zoe me conquistou demais, entrou pra minha lista de livros preferidos!

Vamos lá, então. Quem é Zoe? Zoe é a nossa narradora canina. Ela conta história de sua dona, Mel. Eu me diverti e me emocionei lendo, principalmente por ter crescido com um cachorro. Fiquei imaginando os pensamentos dele sobre mim, tal qual os pensamentos de Zoe sobre Mel.

Zoe é tão carismática, como os cachorros são mesmo. Sabe aquele cãozinho fofinho que você não consegue olhar sem sorrir? Então, imagine esse cãozinho narrando uma história pra você. Impossível não se cativar.

Aliás, eu adorei os personagens. Todos. Eu gosto demais de ler um livro onde todos os personagens tem uma personalidade marcante, cada qual com suas características individuais, nos conquistando a cada página.
 
“Embora eu ame Mel e muitos outros adultos, não consigo evitar ter um carinho especial por crianças. Isso porque é nelas que encontro palavras espontâneas, críticas sem maldade, alegria contagiante e coração puro.Se existisse um fórmula para pessoas perfeitas, esses seriam os ingredientes, e bem… O resultado seriam pessoas sempre crianças. Ou ao menos adultos com sua essência.”

Eu não quero falar muito do enredo, porque é muito mais legal descobrir lendo… Sério, Zoe conta uma história muito melhor que eu. Mas vale aqui uma menção honrosa para Alegra. Uma criança maravilhosa… só não digo que é minha personagem preferida porque é injustiça com a Zoe. hahaha
 
“Um dia você também vai ficar maluquinha assim, e você vai perceber que é a melhor loucura essa de amar. É a loucura que move o mundo.”

.

3 comentários:

  1. Olá, Aline. Acho tão legal livros com perspectivas diferentes, principalmente vindas de um cachorro, um animalzinho tão fofo e incrível, não é? Eu quero muito ler o livro, sem contar que a capa é linda!
    Beijão.
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir