Resenha: Indecente | Selvagem Irresistível #2

Título: Indecente
Autor: Christina Lauren
Editora: Universo dos Livros
Série: Selvagem Irresistível
Número de páginas: 316
Classificação:
Sinopse: Harlow Vega é uma linda devoradora de homens. O jogo de sedução com o másculo Finn Roberts não teria continuado para ela se não houvesse um reencontro, desta vez em sua cidade, San Diego. Finn viajou do Canadá para visitar os amigos, e também para tratar de um misterioso negócio. E ele veio preparado para rever a mulher com quem foi casado por meio dia em Las Vegas. Apesar do estranhamento inicial, Harlow e Finn descobrem, finalmente, que tem algo em comum. Mesmo fazendo esforço para não se apegarem, a atração se revela mais selvagem e os dois acabam criando  roteiro de aventuras deliciosas...


                                                  Resenha

Weeeeee e dessa vez a história começa em um Starbucks! (O que falamos na minha resenha anterior? Exatamente, a relação quase íntima entre Starbucks e fanfics. O que não é o caso nessa história! — apesar de, inicialmente, parecer bastante). 

Harlow entra em um Starbucks qualquer, depois da pior transa de sua vida, na esperança de que um café bem quente fosse dissolver o trauma. Adivinha quem ela encontra na fila? Exatamente, o seu querido pescador canadense, Finn Roberts! E, depois de um pedido de café errado e uma conversa relembrando os velhos tempos, não foi o café que acabou dissolvendo seu trauma matinal.

Alguns problemas de família mais tarde, Harlow vai para uma festa na casa de Lola, onde obviamente, Mia, Ansel, Oliver e Finn vão estar presentes. Mas claro que o último nome é o mais importante. Uma festa com direito a nachos num sombreiro, shots de tequila, um Não-Joe, e mais uma vez, adivinha só? Safadiencia, baby! Ou o começo de uma, pelo menos. Os dias passam, Harlow e Finn vão se entregando a um sentimento que ambos são incapazes de nomear, mas que com certeza é explosivo. Mas Harlow percebe uma mudança em Finn. Como se ele estivesse escondendo algo... E não é como se a moça não tivesse seus segredos também, certo? 

Leiam este livro, pelos deuses do olimpo! Principalmente, se você for um filho de Afrodite ou Dionísio. Sabe como é, deusa do amor, Deus das festas... Ambos sabem muito bem como aproveitar a vida.

Nesse segundo livro da série Selvagem Irresistível, vamos nos deparar com a mocinha decidida e o boy pacato. Reverso, não? E por isso gostei mais dessa história. 

O livro, assim como o anterior, é dividido pelas narrações em primeira pessoa de Finn e Harlow, com misterio de ambas as partes, sedução, entrega e SAFADIENCIA CANADENSE (essa palavra agora faz parte de meu vocabulário). 

Vamos lá, eu tenho uma queda pela França e seus franceses. Mas nada vale mais do que a simplicidade de alguém que sabe bem o que fazer com as mãos. Estou falando do fato dele ser pescador, sem mente poluída ok? Se bem que... Ah, deixo por conta de vocês! Na próxima aventura teremos um pouco de safadiencia nerd australiana. Então...

Vida longa e próspera, e até a próxima resenha!

1 comentários:

  1. Olá! Que resenha mais engraçada a sua, adorei a nova palavra. Pois bem, pelo visto terei que ler o primeiro livro antes desse para entender um pouco mais a história, mas adoro quando o autor cria um personagem masculino mais na sua e não abusivo e ostensivo que nem a maioria dos personagens masculinos que vemos em livros eróticos.
    Um abraço!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir