Resenha: O Desafio de Ferro: Magisterium #1 | Cassandra Clare e Holly Black

Título: O Desafio de Ferro - Magisterium #1
Autor:  Cassandra Clare e Holly Black
Editora: #irado
Número de páginas: 384
Classificação:
Sinopse: Amigos e Inimigos. Perigo e Magia. Morte e Vida.

A maioria dos garotos faria qualquer coisa para passar no Desafio de Ferro.
Callum Hunt não é um deles. Ele quer falhar.
Se for aprovado no Desafio de Ferro e admitido no Magisterium, ele tem certeza de que isso só irá lhe trazer coisas ruins. Assim, ele se esforça ao máximo para fazer o seu pior... mas falha em seu plano de falhar.
Agora, o Magisterium espera por ele, um lugar ao mesmo tempo incrível e sinistro, com laços sombrios que unem o passado de Call e um caminho tortuoso até o seu futuro.

Magisterium: O Desafio de Ferro nasceu da extraordinária imaginação das autoras best-sellers Holly Black e Cassandra Clare. Um mergulho alucinante em um universo mágico e inexplorado.  





                      – Resenha –




“Porém, sem foco, o poder não significa nada. O fogo pode tanto queimar sua casa quanto aquecê-la; a diferença está na habilidade de controlar o fogo.”

Magisterium é uma série escrita por Cassandra Clare (instrumentos mortais) e Holly Black (spiderwick). Ou seja, uma mistura dessas duas mentes me parece algo muito interessante de se ler. hahaha

Callum Hunt é nosso personagem principal. Magisterium é uma escola de magia… hmmmm Harry Potter???? Nãããããoooo… hahahaha! As semelhanças são: três amigos numa escola de bruxaria. Agora muda tudo.

“O fogo quer queimar. A água quer fluir. O ar quer se erguer. A terra quer unir. O caos quer devorar.”

Aos 12 anos as crianças fazem um teste para entrar (ou não) no Magisterium. Quem fracassa ou quem os mestres não se interessam, volta a viver sua vida normalmente e sem se lembrar de nada sobre magia. Quem é escolhido por algum mestre, é treinado por, no mínimo, um ano, para se tornar bruxo.

O pai de Callum tem um grande trauma com o Magisterium, porque sua mulher morreu lá, tudo ficou doido e ele só se ferrou. rs. (tem mais coisas mas é spoiler). Então, ele pede pra Callum simplesmente fracassar no teste, sempre falando mal do Magisterium.

“Call, as pessoas trapaceiam para ganhar. Não é possível trapacear para perder.”

Obviamente, Callum não fracassa e vai para o Magisterium. Uma coisa muito legal é que ele tem problemas na perna e sempre foi discriminado na sua escola. Já no Magisterium, ele arranja amigos e descobre o que é uma amizade de verdade. O livro foca muito nisso, tal qual Harry Potter (ops, achei mais uma semelhança)

Seus melhores amigos são Aaron e Tamara. Eu adorei a personalidade desses três, e eles unidos são muito divertidos! O mestre deles é Rufus, um mago super poderoso e engraçadinho.

Esse é um bom livro para passar o tempo. É uma leitura rápida e divertida!

“Vejo seu futuro. Um de vocês irá falhar. Um morrerá. E outro já está morto.”




. 

2 comentários:

  1. Que máximo! Queria muito ler esse livro, gosto muito da escrita da Cassandra Clare, mas só li o primeiro livro de Instrumentos Mortais e depois de um tempo me desmotivei a continuar por causa dos muitos volumes da série, acho que seria uma boa pegar O Desafio de Ferro.

    Beijos!
    Amanda Pires || A World to Read

    ResponderExcluir
  2. Sou suspeita para falar por que amei o livro. Realmente há uma semelhança com HP, mas a história é totalmente diferente. Para ler esse livro tem que esquecer um pouco o mundo HP e vivenciar o magisterium. Eu adorei demais a escrita das duas e a mesclagem de enredos sem quebra. Ficou uma narrativa intensa. Adorei sua resenha.

    www.primeiras-impressoes.com

    ResponderExcluir