Resenha: Biblioteca de Almas - O orfanato da srta. Peregrine #3 | Ransom Riggs

Título: Biblioteca de Almas - O orfanato da srta. Peregrine #3
Autor:  Ransom Riggs
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 416
Classificação: ★★★★
Sinopse: Biblioteca de Almas é o último volume da celebrada trilogia iniciada com O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares. Neste terceiro livro, depois de sofrer com a morte do avô, conhecer crianças com habilidades peculiares em uma fenda temporal e partir pelo mar em uma busca desesperada para curar a srta. Peregrine, Jacob vai finalmente enfrentar a inevitável conclusão dessa turbulenta jornada.
Jacob descobre uma poderosa habilidade e não demora a explorá-la para resgatar os amigos peculiares e as ymbrynes da fortaleza dos acólitos. Junto com ele vai Emma Bloom, uma menina capaz de produzir fogo com as mãos, e Addison MacHenry, um cão com faro especial para encontrar crianças perdidas.
Partindo da Londres dos dias atuais, o grupo vai percorrer as ruelas labirínticas do chamado Recanto do Demônio, uma complexa fenda temporal que abriga todo tipo de vícios e perversões. É ali que o destino de peculiares de toda parte será decidido de uma vez por todas. Tal como os volumes anteriores da série, Biblioteca de Almas une fantasia, aventura e sombrias fotografias de época para criar uma experiência de leitura única.




                                                – Resenha –



“Um oportunista disfarçado de amigo pode ser tão perigoso quanto um inimigo declarado.”
Biblioteca de Almas é o último livro da série do Orfanato da Srta. Peregrine.

Acho que esse livro aqui continuou na mesma pegada do anterior: além de sombrio, tem muuuuuuuita ação! 
E (spoiler do final do livro anterior) achei SENSACIONAL a ideia de Ramson Riggs de aumentar o poder da peculiaridade de Jacob, fazendo-o poder falar com os etéreos. Tudo passou a ficar mais interessante e curioso.

“Milagre. Maldição. Eu não tinha entendido exatamente a diferença.”

Gostei do modo como tudo foi contado, e gostei bastante do final. Houve muitas reviravoltas, e recebemos boas explicações também.

Não vou mentir, não achei o livro excepcional, não entrou pra minha lista de preferidos, mas eu gostei bastante do que Riggs fez, ele se preocupou com todos os personagens.

É uma série que eu recomendo muito pra quem curte fantasia (sombria)!
“Todos temos prazo de validade. Se eu fosse vocês, não teria pressa pra descobrir qual é.”

1 comentários:

  1. Adorei! Blog maravilhoso e resenha incrível. Gosto do jeito que você escreve e como é capaz de instigar a curiosidade do leitor a ler uma obra.

    Beijos!

    http://www.literatudotextos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir