Crítica: Easy

Título: Easy
Direção: Joe Swanberg
Roteiro: Joe Swanberg
Elenco: Dave Franco, Orlando Bloom, Malin Akerman, Elizabeth Reaser
Classificação: 


Sinopse: Diferentes residentes de Chicago vivem suas vidas peculiares na cena cultural-tecnológica-amorosa-sexual da cidade dos ventos.







                                                                        Resenha



A Netflix tem o dom de fazer séries, que te prendem, e fazem com que você se enrole da cabeça aos pés, para assistir a todos os episódios, de uma vez. Mas nem sempre uma maratona é possível e você acaba por se contentar em assistir a série aos poucos, mesmo. Fica mais fácil, quando a série é de antologia (episódios independentes), o que é o caso de “Easy”.

“Easy” apareceu nas indicações da rede e fui conferir do que se tratava. Quando vi que o primeiro episódio tinha 30 minutos, arrisquei. Que sorte!

A série tem um tom de comédia, que não é apelativo, e te faz rir naturalmente.

O assunto abordado é relacionamento das mais diversas maneiras possíveis: sexo, amor, casamento, encontro casual.... tudo o que temos no dia a dia e como lidamos com os assuntos.

Ambientada em Chicago, nos oito episódios que integram a série, a gente se identifica com um pouco em cada história ou apenas se diverte com outras. Relacionamentos, na verdade, não têm nada de fácil e, talvez, possamos nos ver em reações às situações do dia a dia.

Algumas vezes, você pode ficar com a impressão de “vai ficar assim? ”, mas acredito que a intenção seja essa mesmo. Não conclui, para parecer mais realista. Afinal, se é uma série do cotidiano, nós nunca temos um “fim”, é só mais um dia que vem depois de outro e antecede mais um.

Talvez “Easy” tenha passado despercebida, já que foi ofuscada pelos grandes lançamentos do canal de streaming, como “Narcos” e “Luke Cage”. Mas depois de tanta aventura, seja pela Colômbia, seja pelas ruas de Harlem, a hora de descontrair é essa; e dar risada de coisas naturais é sempre uma boa pedida.

Criada por Joe Swanberg, o diretor de filmes como o maravilhoso “Uma Brinde à Amizade”, “Um Novo Começo” e “V/H/S”, “Easy” conta com nomes como: Orlando Bloom, Malin Akerman, Dave Franco, Elizabeth Reaser e Jake Johnson.

Essa é a melhor dica para o que fazer no fim de semana: pipoca, refrigerante e “Easy” na tela.

                                                    Não haverá arrependimento. 

0 comentários:

Deixe seu comentário