Mangá : Sukitte ii na yo

Titulo : Sukitte ii na yo  (Say I love you) 
Genêro : Drama,school life 
Autora : Kanae Hazuki

Lançamento : 2008 - presente
              
  Sinopse : Mei Tachibana é uma garota que se isolou depois de um acidente no ensino fundamental , depois disso ela não confia mais nas pessoas e não possui amigos mas isso dura até Yamato chegar e mostrar a ela que nem todas as pessoas são iguais. 






                                                                      Resenha 

Mei sempre foi muto reservada e se mantinha distante das pessoas por que tinha medo de ser traída ou abandonada devido a um acidente no ensino fundamental que a marcou mas Yamato veio para mudar Mei. 
    
Yamato Kurosawa era o garoto mais popular do colégio , o mais legal , o mais bonito , o mais tudo , sempre teve todas as garotas aos seus pés mas nenhuma lhe interessava , a única que lhe despertou o interesse foi Mei sem motivos aparentes , ele se apaixonou a primeira vista e assim ele começa a investir e tentar conquista-lá. 
     
A primeira impressão que se tem deste mangá é que ele é só mais um romance água com açúcar mas Sukitte ii na yo relata temas sérios como : bullying,depressão, anorexia, problemas de auto-estima e outros problemas psicológicos. 

Ao longo dos capítulos as histórias dos personagens vão surgindo e você vai descobrindo os dramas pessoais de cada um, e que todos guardam cicatrizes de momentos ruins do passado. 

Uma das personagens que me chamou a atenção foi a Aiko , uma garota aparentemente normal mas que se enchia de pílulas e maquiagens para tentar agradar ao namorado , chegando a desenvolver disturbios,que acabaram resultando em uma série de cicatrizes por seu corpo e uma pele danificada mas no decorrer dos capítulos , a melhora dela é evidenciada. 

Por trazer assuntos como esses , ele arranca muitas lágrimas mas a escritora suavizou esses temas com os traços delicados das ilustrações e o amor de Mei e Yamato , que mesmo parecendo um casal improvável  se encaixam perfeitamente como peças de um quebra-cabeças que sempre estiveram ali e só precisavam de um chute (literalmente) para se encaixarem.

 Outra personagem com uma grande evolução mesmo que lenta é Mei , no primeiro capitulo ela mal fala com Yamato, nem olhava em seus olhos , andava como se fosse um zumbi , já no final ela se comunica perfeitamente bem com as pessoas , consegue se expressar e fez novos amigos , tudo através de Yamato e este merece uma salva de palmas , ele é o cara que todos deveriam ser , sempre preocupado com as pessoas a sua volta , as vezes ele esquece até dele mesmo para cuidar de seus amigos. Pelo enredo , pode se esperar que ele seja um esnobe que mudou depois dela mas o que acontece aqui é ao contrário , e eu não poderia gostar menos desse personagem.
      Sukitte ii na yo possui uma graça inenarrável , em muitos momentos me peguei sorrindo com os momentos fofos , por que essa história não precisou de muito para ser linda , é apenas um casal normal enfrentando os problemas da vida e isto é o que a torna tão boa.
 Por : Beatriz Cunha
(Mei e Yamato) 



0 comentários:

Deixe seu comentário