Série Maníacos | Dirk Gently's Holistic Detective Agency

Título: Dirk Gently’s Holistic Detective Agency
Criação: Max Landis ( baseado na história de Douglas Adams).
Roteiro: Douglas Adams, Max Landis, Andrew Black.
Direção: Paco Cabezas, Tamra Davis, Michael Patrick Jann, Dean Parisot.
Produção: BBC America, Netflix
Ano: 2016
Duração de episódio: 42 minutos (em média).
Elenco: Samuel Barnett, Elijah Wood, Hanna Marks, Fiona Dourif, Jade Eshete, Mpho Koaho, Dustin Millingan, Neil Brown Jr..
Classificação: 
Sinopse: Um caso misterioso leva o jovem Todd a ser o assistente de um detetive excêntrico que se utilizará de métodos não convencionais para desvendar crimes.






Alguém mais aí gosta de ver o Elijah Wood em um papel que não seja o nosso amado e aclamado hobbit Frodo Bolseiro?

É de conhecimento geral que Elijah é um grande ator, que começou sua carreira bastante jovem, criando assim uma lista com muitos trabalhos que não são tão conhecidos como a trilogia Senhor dos Anéis. Entre os mais recentes então a série Dirk Gently’s e o filme O último Caçador de Bruxas. Elijah divide o estrelato dessa série com Samuel Barnett e Fiona Dourif, que respectivamente interpretam Todd Brotzman, Dirk Gently e Bart Curlish, peças fundamentais para o desenrolar da trama. Sendo esta série o primeiro trabalho que vi de Samuel e Fiona, posso apenas dizer que farei o possível para não ser o último, porque o talento deles é daquele tipo que te instiga a saber mais, ver mais trabalhos, tantos quanto possível. Claro que ajuda o fato de os personagens serem muito carismáticos e engraçados mesmo em situações que não deveriam ser, o que faz tudo ainda mais fantástico.

A série também conta com Jade Eshete, Neil Brown Jr., Mapho Koaho, Hanna Marks entre outros para trazer muita diversão ao contexto mais que sério da estória em que respectivamente são: Farah black, uma segurança altamente treinada, empregada pela vítima do crime central de estória, contratada para vigiar e proteger ele mesmo e sua filha adolescente. Estevez, um dos detetives policiais responsáveis pelo caso. Ken, um expert em eletrônica e eletricidade que é pego no meio do fogo cruzado e fica temporariamente preso a Bart. E Amanda Brotzman, irmã de Todd, que sofre de uma doença genética e depende do irmão para fazer seu tratamento. Todos dão show de atuação e cada um cativa de um jeito diferente.

A série tem início com um grotesco assassinato, na cobertura de um hotel onde Todd trabalha e é quem descobre a horrível cena. Nada poderia ser mais inexplicável que corpos partidos ao meio, braços decepados, marcas de enormes mordidas queimadas pelas paredes, no sofá e até mesmo no teto, e claro, sangue para todos os lados. As fitas mostram apenas uma pessoa mascarada entrando no quarto, com a chave mestra de Todd, o que faz com que ele se torne um dos principais suspeitos nas investigações dos policiais. A vida dele, que já não ia bem depois de ter seu carro destruído pelo senhorio do prédio onde mora por falta de pagamento, piora consideravelmente, ele é demitido, tem sua casa invadida, primeiramente por Dirk que faz o que pode para convencer Todd a ser seu assistente e amigo, e posteriormente por um grupo de arruaceiros que destroem seu apartamento.


Após relutar tudo o que pode, Todd acaba aceitando ser assistente de Dirk na busca por Lydia Spring filha de Patrick Spring o milionário que é a vítima do crime na cobertura, que também é o contratante de Dirk, com quem entra em contato dias antes de sua morte e pede para que ele solucione seu assassinato e encontre sua filha desaparecida. Os enigmas vão aparecendo e criando uma lista cada vez mais confusa, com direito a seitas, maquinas que trocam almas, um cachorro na cena do crime e uma gatinha desaparecida, e devo dizer, muito requisitada. As peças se juntam aos poucos, e a cada descoberta Todd e Dirk se aproximam do maior enigma de todos, e mesmo sendo vigiados de todos os lados levam adiante a investigação que é redirecionada mais vezes do que pude contar.
Todd faz de tudo para equilibrar sua nova rotina, a perspectiva de que sua vida está indo pelo ralo, a doença de sua irmã, a convivência com as excentricidades de Dirk, a queda que tem por Farah, e todos os perigos que o segue desde a fatídica manhã na qual perdeu seu emprego. Mas como dizem Dirk e Bart, tudo está conectado, e sendo assim, tudo tem seu motivo para acontecer.

Dirk Gently's Holistic Detective Agency, tem um conteúdo para fazer a massa cinzenta do telespectador trabalhar junto com a dos personagens para desvendar todos os mistérios da série, pois é impossível simplesmente assistir, sem se fazer milhares de perguntas e tentar entender tudo antes do desfecho muito satisfatório. A segunda temporada tem tudo para dar certo, desde que a primeira deixa muitos assuntos inacabados e o começo do vilão mais comicamente mau e desajeitado que vi em muito tempo. Apesar de o final da primeira temporada esclarecer muitas questões urgentes, a segunda promete responder perguntas mais fundamentais. 




Escrito por: Evellin Monteiro

0 comentários:

Deixe seu comentário