Resenha: O Pistoleiro - A Torre Negra #1 | Stephen King

Título: O Pistoleiro - A Torre Negra #1
Autor:  Stephen King
Editora: Objetiva
Número de páginas: 221
Classificação: 
Sinopse: "Este livro é o primeiro dos sete volumes de série A Torre Negra, obra mais ambiciosa do escritor Stephen King. "O Pistoleiro" apresenta ao leitor o fascinante personagem de Roland Deschain, último descendente do clã de Gilead, e derradeiro representante de uma linhagem de implacáveis pistoleiros desaparecida desde que o Mundo Médio onde viviam "seguiu adiante". Para evitar a completa destruição desse mundo já vazio e moribundo, Roland precisa alcançar a Torre Negra, eixo do qual depende todo o tempo e todo o espaço, e verdadeira obsessão para Roland, seu Cálice Sagrado, sua única razão de viver. O pistoleiro acredita que um misterioso personagem, a quem se refere como o homem de preto, conhece e pode revelar segredos capazes de ajudá- lo em sua busca pela Torre Negra, e por isso o persegue sem descanso. Pelo caminho, encontra pessoas que pertencem a seu ka-tet - ou seja, cujo destino está irremediavelmente ligado ao seu. Entre eles estão Alice, uma mulher que Roland encontra na desolada cidade de Tull, e Jake Chambers, um menino que foi transportado para o mundo de Roland depois de morrer em circunstâncias trágicas na Nova York de 1977. Mas o pistoleiro não conseguirá chegar sozinho ao fim da jornada que lhe foi predestinada. Na verdade, sua aventura se estenderá para outros mundos muito além do Mundo Médio, levando-o a realidades que ele jamais sonhara existir. Inteiramente revista pelo autor, esta primeira edição brasileira de "O Pistoleiro" traz também prefácio e introdução inéditos de King."


                                                – Resenha –

“Cuidado com o homem que se finge de fraco.”



Pra falar a verdade, eu estava pensando em fazer uma resenha IMENSA com a série toda. Mas aí, o problema de fazer isso, é que desde o primeiro livro vou acabar falando do que acho da série toda. E não acho isso legal, justamente porque essa série tem coisas que só dá pra entender depois, e isso pode mudar meu julgamento do livro. rs

Um exemplo ótimo e prático: eu acabei esse livro me sentindo confusa. Que bom que fui ler outras resenhas e vi que as outras pessoas também se sentem assim. Stephen King te enfia no meio da história, e você só vai entender tudo se ler a série toda.

“Quando traidores são considerados herois (ou herois traidores, conjecturava ele franzindo as sobrancelhas), os tempos sombrios devem ter chegado.”

Apesar de acabarmos o livro nos sentindo confusos, nós queremos continuar, pra poder entender o que aconteceu, e acabar a confusão. hahaha

Então, vamos lá, um resuminho bem resuminho pra não perder a graça: Roland é um pistoleiro e ele está buscando a Torre Negra. Agora ele está atravessando um deserto atrás do Homem de Preto, seu grande inimigo.

“Não pensou, mas nunca tivera medo de agir movido pelo puro instinto. Fora sempre esse seu melhor e mais verdadeiro modo de operar.”

A história é cheia de personagens de caráter dúbio, questionamentos morais e acontecimentos misteriosos. A escrita é bem descritiva e, por vezes, cansativa. Eu adorei a leitura, mas acho que para ler a série precisamos intercalar com livros mais leves. haha

O que me atrai nessa série: universos paralelos, sci-fi, fantasia, drama, suspense, e, claro, Stephen King.


“O maior mistério que o universo propõe não é a vida, mas o tamanho. O tamanho contém a vida e a Torre contém o tamanho.”

0 comentários:

Deixe seu comentário