Crítica | Alien - Covenant

Título : Alien - Covenant
Direção: Ridley Scott
Elenco:Michael Fassbender, Katherine WaterstonBilly Crudup , Michael Fassbender , Katherine Waterston , Billy Crudup , Danny McBride , Demian Bichir , Carmen Ejogo , Jussie Smollett , Callie Hernandez
Gênero : Ficção Científica , Terror , Ação
Sinopse:
“A tripulação da nave de colonização Covenant, enviada para um distante planeta, descobre um paraíso inexplorado com uma ameaça além de sua imaginação e tentam uma eletrizante fuga”





                                Resenha


No mais novo longa-metragem da franquia Alien se encontra a redenção de Ridley Scott. Depois das violentas e fundadas críticas ao filme que antecede cronologicamente a “Alien Covenant”, Prometheus, o diretor parece retornar as raízes da serie, trazendo diversos elementos e referencias dos primeiros filmes, explorando menos a filosofia da criação e mais o suspense e o terror psicológico.

Alien covenant entrega ao espectador bastante sangue e uma variedade incrível de xenomorfos, conectando os filmes e preenchendo alguns furos e controvérsias de roteiro do longa anterior. Neste filme é perceptível a utilização dos tons e da musica para criar um maniqueísmo perceptível durante todo o roteiro e evidenciado pela atuação convincente de todo o elenco, porém principalmente a de Michael Fassbender que interpreta muito bem as nuances e excentricidades de seu personagem.

Com um primeiro ato que localiza a trama de maneira sutil e apresenta os personagens de maneira um pouco nebulosa o filme brilha a partir do começo do segundo ato onde a sutileza dos efeitos dá lugar a explosão de sangue e vísceras, porém nada que seja gratuito, todas as cenas trazem ao roteiro uma motivação aos outros personagens e criam um clima de tensão muito parecido com o primeiro filme da franquia, que é homenageado no ultimo ato do filme de forma magistral.

Em resumo, Alien Covenant é sangrento e com linguagem subjetiva poderosa, porém ao tentar consertar erros do filme anterior acaba cometendo alguns deslizes, o que não estraga o filme, mas deixa o roteiro dividido e a historia um pouco truncada. Apesar disso, ao se dispor a voltar as origens Ridley Scott faz um trabalho excepcional e cria um filme que não repete os erros do passado e explica um pouco sobre a origem de um dos alienígenas mais famosos do cinema.

 Alien Covenant é um filme que vale a pena o preço do ingresso, principalmente se você for um fã dos filmes antigos, porém possui partes da narrativa que dependem um pouco de conhecimentos sobre o filme anterior, Prometheus. 

Não é um filme que deva ser assistido por pessoas que não se sintam confortáveis com cenas gore (cenas com bastante sangue, mutilações e/ou relacionados), pois elas existem com certa freqüência e muita intensidade.



                                   Por :José Victor Sampaio.

0 comentários:

Deixe seu comentário