Crítica | O Dia do Atentado

Título : O dia do atentado
Direção : Peter Berg
Roteiro: Peter Berg ,Joshua Zetumer, Matt Cook
Elenco : Mark Wahlberg, Kevin Bacon, John Goodman
Gênero : Drama , Suspense



Sinopse: Após os atentados terroristas à Maratona de Boston em 2013, um grupo formado pelo Sargento da Polícia Tommy Saunders (Mark Wahlberg), o Agente Especial Richard Deslauries (Kevin Bacon), o Comissário da Polícia Ed Davis (John Goodman), o Sargento Jeffrey Pugliese (J.K. Simmons) e a enfermeira Carol Saunders (Michelle Monaghan) se une aos bravos sobreviventes para identificar e capturar os responsáveis pelo ataque terrorista antes que eles possam fazer novas vítimas.


                                              Resenha

O Dia do Atentado, como um momento feliz em Boston se tornou um verdadeiro pesadelo quando dois irmãos resolvem colocar bombas caseiras no meio da multidão enquanto ocorria uma maratona. 

O diretor Peter Berg, que já está bem familiarizado com longas baseados em fatos, mostrou sagacidade ao escolher contar essa historia como um quebra-cabeça, em que suas peças (ou personagens) vão se encaixando lentamente, então, não se preocupe se sentir tédio no início. O pior está por vir.

Esse não é um filme sobre a trajetória dos irmãos, nem o porquê de terem feito o ataque. Limita-se a mostrar o dia do atentado, até a captura do ultimo suspeito, surpreendendo pela veracidade, quantidade de vítimas e principalmente de violência aplicada. 

Com um ar pungente de patriotismo – comum em qualquer filme em que o tema terrorismo está aplicado – não há como negar a eficiência em que os estadunidenses realizaram seus feitos, principalmente de como tudo é muito bem organizado.


O filme peca um pouco na narrativa e na divisão de tempo de alguns personagens – como a de Michelle Monaghan, que mal aparece - e pode irritar algumas pessoas pelo final estilo documental, mas nada grave a ponto estragar a historia aqui contada. 

O Dia do atentado é um bom filme e se você gosta de filmes sobre fatos é uma boa pedida.

0 comentários:

Deixe seu comentário