Resenha: Legend #1 | Marie Lu




Resultado de imagem para legend marie lu capa
Título: Legend 
Editora: Rocco
Autor(a): Marie Lu
Número de páginas: 253
Classificação:Sinopse:  Ambientada na República, nação instalada numa região outrora conhecida como costa oeste dos Estados Unidos e que vive em guerra contra as Colônias, a série acompanha o romance improvável entre dois jovens de origens distintas numa realidade opressora.
Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, os dois não têm motivos para se cruzarem, até que o irmão de June é assassinado e Day se torna o principal suspeito. 
Presos num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos, numa trama de forte conteúdo político e repleta de ação, reviravoltas e romance.


Resenha 

 Uma história instigante e elétrica, é como Legend pode ser resumido. Uma leitura fluida, proporcionada por uma narrativa em 1ª pessoa (alternada entre os protagonistas Day e June) muito bem colocada, Legend é um livro que cativa o leitor a cada capítulo.


 Em uma trama muito bem elaborada, Marie Lu encaixa com destreza as informações e dicas necessárias para tornar o enredo mais claro; e ao mesmo tempo fazer com que você se depare com segredos que tornarão o ato de interromper a leitura algo quase impossível.

 Contamos com dois protagonistas incríveis: June, a menina de ouro da República; e Day, o criminoso mais procurado do país. Quando Day é apontado como principal suspeito de assassinar o irmão de June, ela não hesita em caçá-lo por toda Los Angeles, pondo em prática apenas uma pequena parte de todo o seu treinamento militar. Ele por outro lado tem um objetivo muito diferente, e sequer imagina estar sendo caçado e acusado de homicídio. Day corre contra o relógio para salvar seu irmão mais novo, infectado com uma praga desconhecida, mas avassaladora.

 Em Legend não há excessos. Todas as perguntas que surgem no decorrer da história recebem uma resposta, em sua maioria nesse mesmo livro, e as demais nas continuações.

 Sequer os personagens coadjuvantes estão lá à toa. Cada um irá ter importantes contribuições na trama futuramente, que serão determinadas por suas atitudes nesse volume inicial da trilogia, desde a jovem Tess até a incontestável Comandante Jameson.

 O livro superou e muito minhas expectativas iniciais. Não porque não acreditava em seu potencial, mas por ele ir muito mais além do que esperava ao ler os primeiros capítulos.

 Legend é uma leitura recomendadíssima aos fãs de distopias e ficção em geral. Um cenário de guerra, pragas e tirania numa sociedade feita para a elite militar.

 Se você, caro leitor, estava em busca de uma boa história para intensificar seu final de semana, acabou de encontrar.



Por Carolina Rosário   

0 comentários:

Deixe seu comentário