Serie Maníacos l Série Beyond



Na ultima semana maratonei o seriado Beyond (do canal ABC Family) devido a uma dica de um canal no youtube que dizia que essa era uma das cinco séries atuais que os nerds deveriam assistir. 

Olha, se arrependimento matasse este rapaz que vos escreve estaria morto.


Uma amiga me disse que eu melhorei a série na minha cabeça ao ler sobre a premissa, que é a seguinte: um rapaz (Holden Matthews) sofre um acidente e passa doze anos em coma, porém sua consciência vai para outro plano de existência e de fato vive os doze anos lá. Porém um dia ele sai do coma e descobre que voltou com poderes desta outra dimensão. Quando li pensei: caramba, ele deve ter passado esse tempo em outra civilização super-avançada tecnologicamente, ele vai voltar um gênio, além de ter super poderes e outras coisas mais. Mas não, não, não, não, não.
                                             
O show conta com os personanges: Holden Matthews (Burkely Duffield), Willa (Dilan Gyyn), Tom Mattews (Michael Mcgrady) Diane Mattews (Romy Rosemont), Kevin (Jordan Calloway),  entre outros coadjuvantes.

Holden sofreu um acidente após salvar seu amigo Kevin de um ataque de um valentão e passa doze anos em coma, após acordar somos lentamente introduzidos a vida de Holden, vendo o impacto que o seu acidente teve sobre a sua família, vendo-o recuperar a amizade com o irmão, e encontrado amigos do passado, como é o caso de Kevin (teve um momento no reencontro dos dois que me deixou na bad: Holden entrou em coma por ter protegido Kevin, e ao encontra-lo após doze anos Kevin está casado, com a esposa esperando o primeiro filho do casal e terminando um doutorado enquanto o Próprio holden teve doze anos tirados de sua vida, no caso a terrena, já que ele continuou vivendo no outro plano).
Esse é um corpo de um cara que passou doze anos em coma?Whaaat?

Os problemas começam quando Holden passa a ser perseguido por um grupo de homens que afirmam que ele é capaz de feitos sobre humanos, após um ataque em que ele faz com que todos voem pelos ares usando apenas a mente, ele é salvo por Wylla, e garotos, ai começa o problema do seriado.


Sofri para assistir os dez episódios do seriado na esperança de que em algum momento ele melhorasse, o que não aconteceu em nenhum momento.É difícil enumerar tantos erros do seriado, que são muitos, porém a caráter de análise, apresentarei alguns aqui:

·   Quando holden volta do coma acaba ficando dividido entre duas garotas, uma garota misteriosa (Willa) que o ajuda em determinadas situações, e que fala para ele que durante estes doze anos juntos na outra dimensão eles eram um casal. A outra é Jamie, amiga do irmão dele (que era uma criança quando ele entrou em coma, porém que já é um adolescente de 17 anos quando ele acorda, e que já cursa a universidade). O seriado me fez acompanhar por uns cinco episódios ele tentando conquistar a amiga do irmão, quando no episódio em que eles saem juntos ele tem uma espécie de ataque de pânico (lembrando dos anos em que estava na outra dimensão) e a garota resolve desistir dele. Até ai tudo bem, ninguém quer namorar uma pessoa maluca, porém no mesmo episódio ele se lembra do tempo que passou com Wylla, volta e acaba ficando com ela. Como assim, tipo como assim?! O seriado me leva por vários episódios, me faz torcer por uma garota, pro Holden simplesmente lembrar que gostava da outro e pronto. Não fez o menor sentido pra mim.

Não seja como eu, não se iluda, te fizeram acompanhar isso por 5 episódios por nada.


   Há um momento em que Holden sai para andar de moto (ele passou doze anos em coma por um acidente de moto, mas o pai conserta a MESMA moto que ele caiu e dá para ele andar de novo, tá OK!!) e é perseguido por um carro que o tenta jogar para fora da pista, e quando o carro para na frente dele bloqueando o caminho quem é: tarãããmm, Kevin, o melhor amigo dele que queria conversar com ele. Tipo, o melhor amigo dele quer conversar com ele e faz isso tentando jogar ele pra fora da pista. E o que o Holden faz, entende de boa, bota a moto na carroceria da caminhonete do amigo e segue com ele para conversar em outro lugar.

P  São vários os momentos onde o seriado não faz o menor sentido, mas o pior pra mim é quando ele tenta ser nostálgico, tenta nos trazer referências dos anos 2000 e ser cult. Manw, MANW, Stranger Things faz isso divinamente bem, mas Beyond definitivamente não consegue fazer isso, ele tem até mesmo uma cena idêntica a uma de Stranger Things, que só faz piorar as tentativas pífias do seriado de ser nostálgico.

    Enfim, após maratonar um seriado e ser ruim, deixo meu desabafo nessa crítica, se alguém realmente se interessar em assistir o seriado, que assista para ver tudo que um seriado não deve fazer. E olha, que o seriado no primeiro episódio já foi renovado para a segunda temporada. 

                                                Nota para Beyond: 4.0.




1 comentários: