Resenha: Crash | Nicole Williams


Título : Crash
Autora:Nicole Williams
Editora: Essência
Número de páginas:365
Classificação: Nenhum texto alternativo automático disponível.Nenhum texto alternativo automático disponível.
Para a adolescente Lucy, nada é mais importante que o balé. A dança a transporta para um mundo onde a dor, as lembranças ruins e a violência não existem. Um mundo só dela. Um dia, porém, aquela garota certinha é obrigada a mudar de escola. E é nesse novo ambiente, repleto de descobertas e
Inseguranças, que conhece um garoto que só usa cinza e vive com uma toca de lã na cabeça. Jude, o maior bad boy da escola, é lindo e seria o sonho de toda garota, e talvez até o genro que todo pai pediu a Deus... se não tivesse sido preso várias vezes e não morasse num abrigo para garotos desajustados. Lucy não liga para a opinião dos outros: o mais importante é o que Jude sente por ela. E o rapaz parece disposto a abrir seu coração, ainda que um segredo que assombra o passado e o presente dos dois esteja prestes a estraçalhar essa paixão.
                                              Resenha

O primeiro livro da trilogia se chama "Crash", conta a história de Lucy, uma bailarina talentosa que muda, em seu último ano, para uma escola pública. 

Em um dia ensolarado, Lucy está na praia, tomando sol e lendo um livro. Então, ela vê um garoto do tipo que ela gosta, logo tenta chamar sua atenção e, com muito esforço, o consegue.

O garoto se chama Jude. Ele é muito bonito, charmoso, um tanto cara de pau e bad boy. O que seria uma cilada na mente da nossa protagonista, mas ela não consegue se afastar.


“Jude era a doença para a qual eu não via cura. A droga da qual eu não queria me livrar nunca. "
Eles são pessoas completamente opostas. Ela é certinha, inteligente e obediente, já ele é um garoto problemático, com uma ficha enorme na polícia por conta de envolvimento com drogas e brigas.

Mesmo assim, uma amizade começa e os sentimentos que os dois sentem pode crescer até se tornar uma paixão. 

Ligados a perdões, segredos e perdas, os dois se encontram no outro, mas o destino pode ser  traiçoeiro.


"...Eu sou um câncer, Luce. E não do tipo que você pode matar com radioterapia, sou do tipo que te mata, no fim das contas. — aquela vulnerabilidade que eu vislumbrei antes estava lá novamente, afogando-se em seus olhos.

Eu estava muito chateada, ou muito ferida, para deixar aqueles olhos me afetarem. — Bem, obrigada por nada. Tenha uma boa vida."


O livro têm várias citações de canções dos Beatles, principalmente Lucy in The Sky with Diamonds, música que deu nome a nossa personagem. 

O pai dela é um grande fã deles, ele é um dos melhores personagens secundários na minha opinião. A mãe dela se tornou uma mulher megera, devido à alguns acontecimentos que nós descobriremos na metade do livro, no começo eu senti muita raiva dela, depois entendi seus motivos.

Lucy e Jude estão conectados por um acontecimento do passado que mudou a vida deles e ao descobrirem isso, ambos têm que aprender a conviver com isso.

                                                                                                                 Super recomendo o livro, ele é bem gostoso se ler. A história tem surpresas e revelações importantes, quando você pensa que esta tudo sendo resolvido aparece uma bomba no seu colo.        
                                                                       

0 comentários:

Deixe seu comentário