Série Maníacos | Intruders

Título: Intruders;
Canal: BBC America e BBC Two;
País: EUA/Inglaterra;
Ano: 2014;
Status: 1ª temporada (cancelada);
Duração: 52 minutos;
Gênero: Suspense, Drama, Sobrenatural;
Roteiro/Produtor: Glen Morgan (Arquivo X);
Direção: Eduardo Sanchez
Elenco principal:John Simm, Millie Bobbie Brown, Tory Kittles, Mira Sorvino.
          
                                                                       SINOPSE
Utilizando corpos de outras pessoas, uma sociedade secreta tem como objetivo a busca da imortalidade. Em paralelo, Jack Whalen (John Simm), ex-policial é agora um escritor que tenta entender o comportamento estranho de sua esposa Amy (Mira Sorvino). 
                                                                    RESENHA 

Em 1990 uma adolescente chamada Donna, logo após a festa de seu aniversário, acorda e encontra em seu quarto dois homens que invadiram sua casa no mais absoluto silêncio. O que faz parecer só mais um típico crime que vemos nas mais diversas histórias em filmes de suspense, é transformado para o telespectador em um tipo de exorcismo ou possessão. Ambos os homens vão embora e a garota acorda no dia seguinte em seu quintal. Percebemos a mudança em seu jeito. Olhar fixo, quase robótico. Ela comete suicídio e deixa um carta com o fim dizendo “Eu não sou Donna”. Bizarro? Um tanto. A partir daí, pulando para os dias atuais em uma mesma trama seremos apresentados à três histórias que se interligam no decorrer da série. 

Um homem chamado Richard Shepherd (James Frain) - o mesmo que em 1990 estava no quarto de Donna - agora procura por Bill Anderson. Bill, parece ter descoberto algo de interesse para um grupo anônimo no qual Richard faz parte. Na verdade trata-se de uma sociedade secreta chamada Qui Reverti que segundo o teorista da conspiração Oz Turner (David Dastmalchian), acreditam na imortalidade e procuram Bill porque ele descobriu algo que não pode se tornar público.


Jack e Amy
Temos Jack Whelan (John Simm), um ex-policial que se tornou escritor e agora vive em uma pacata cidade com sua esposa Amy (Mira Sorvino). O relacionamento dos dois parece ter sinais de que já passaram por um momento difícil e estão tentando superar juntos. Mesmo assim, Jack percebe que sua esposa começa a se comportar de modo muito estranho. Um dia ela acorda falando em russo e em outro começa a ouvir jazz (o que nunca gostou de ouvir). Amy então viaja a trabalho e não atende os telefonemas de seu marido. Até que um dia, um taxista retorna a ligação dizendo que encontrou o celular em seu carro. Jack parte em busca de sua esposa, acreditando que ela desapareceu. Seguindo os “rastros” de onde ela poderia estar, ele acaba descobrindo que Amy está envolvida com pessoas um tanto estranhas. Seu amigo advogado Gary Fischer (Tory Kittles) investiga os Qui Reverti - em latim significa Os que retornam - há um tempo e junto de Jack, procuram respostas sobre os assassinatos que possuem alguma ligação com Amy.

A outra história que mostra ser a espinha dorsal da série, é a da protagonista Madison (Millie Bobby Brown). Depois de Richard Shepherd aparecer para a garota e “despertá-la”, ela muda sua personalidade e vai embora de casa rumo a cidade de Seattle. A menina ora se comporta como adulta ora como uma simples criança e no decorrer nos acontecimentos, a personagem vai revelando quem realmente é.

Com essas três histórias apresentadas, acompanhamos a evolução de cada uma e o “afunilamento” delas até se tornarem uma só. A mitologia da série é incrível, mas peca no exagero do suspense tornando-se repetitiva em alguns aspectos, como nos diálogos entre Jack e Amy. Fora isso, o clímax de cada episódio é feito sob medida e torna atraente a premissa apresentada somada a atuação do elenco. Já faz alguns anos que estava para assistir Intruders. Confesso que voltei minha atenção para ela, depois de lembrar que no elenco estão dois atores que tenho grande admiração por suas atuações. Me refiro ao inglês John Simm e a atriz mirim Millie Bobby Brown que são extremamente cativantes na história. 

Millie como Madison O'Donnell
Vocês devem conhecer a Millie de Stranger Strings onde fez a famosa Eleven, certo? Pois bem, em Intruders série que ela atuou ANTES de Stranger Strings, Millie interpreta a protagonista Madison O'Donnell. Com olhares expressivos (que parece ser sua marca registrada), ela apresenta duas personalidades. Na maior parte do tempo colocando medo por seus diálogos nada infantis e suas atitudes assassinas e em poucas, uma criança doce e aflita. Madison é o tipo de personagem que torcemos para que seja salva e que tudo termine bem. Se eu falar mais um pouco já é spoiler, mas posso garantir que os eventos que ocorrem com a garota são muitas vezes o que salvam os episódios do denso suspense.


John Simm em Intruders
Já John Simm, é bastante conhecido na televisão britânica por seus papéis, entre eles nas séries Life on Mars de 2006 (espero fazer uma resenha em breve), Mad Dogs de 2011 e Doctor Who (que eu amo de paixão). Em Intruders, Simm deixa seu sotaque britânico de lado e encarna o ex-policial americano que tenta controlar suas emoções e diante dos mistérios que ele enfrenta. Confesso que por acompanhar seu trabalho há muito tempo, ver ele em uma produção um pouquinho americanizada (o clima britânico de série ainda está por ali) e sem o seu sotaque britânico, foi um pouco incômodo. Mas isso coisa minha, pois ele dá um show de interpretação! Como em uma cena em que Jack está alterado e tenta entender o que de errado está acontecendo com sua esposa. Acontece que ele resolve tirar de vez satisfações com Amy, mas ela fica dando voltas e voltas em suas explicações, deixando o personagem de Simm irritado e os telespectadores também.

Durante a história conhecemos o passado que parece atormentar Jack, seja por flashs ou por suas ações. Ele já foi um policial descontrolado e a flor da pele que parecia ter encontrado o sossego nos braços de Amy, até seu repentino sumiço como citei no início. Durante os episódios, Simm vai acumulando no personagem as frustrações e dúvidas que cercam Jack e sua esposa. O ator torna Jack um personagem que aos poucos vai trazendo a tona sua personalidade forte.

James Frain como Richard Shepherd
Agora imagine uma sociedade secreta na qual seus integrantes, conseguem reencarnar em outro corpo após ser desperto ao ver um objeto? Eles possuem um segredo milenar que a população mundial desconhece e o grupo, é claro, quer manter assim. As regras, os rituais e o ideal que eles praticam é pra lá de estranho e tive a sensação que tudo isso seria muito mais bem explorado em uma segunda temporada. Baseada no livro Intruders do escritor Michael Marshall Smith, a série infelizmente foi cancelada. Possuindo apenas uma temporada com oito episódios, Intruders com sua temática sobrenatural teve uma audiência com cerca de 315 mil telespectadores ao vivo.

Indicada para quem curte suspense e sobrenatural, a série ainda conta com a atriz Mira Sorvino e James Frain (Gotham, The Tudors) no elenco. De cara entregando no primeiro episódio uma confusa história, não deixa de ser atraente. Mas, Intruders se dissolve lentamente e poderia ter se saído melhor como um único filme.
       
                                                         Veja o trailer da série (em inglês):


0 comentários:

Deixe seu comentário