Resenha: Eu Nunca | Josy Stoque E Mila Wander

Título : Eu nunca
Autoras : Josy Stoque E Mila Wander
Número de páginas : 601
Editora :  Editora Pandorga
Classificação
Sinopse :
"O que você faria se dividisse um prêmio de trezentos milhões de reais com um desconhecido?”

Pauline de Freitas Dias, uma mulher bem-resolvida que ama viver a liberdade plena, sabe exatamente o que fazer! Ela já tinha em mente o itinerário da viagem mais incrível de sua vida antes mesmo de apostar. Sua empolgação ao falar dos destinos mais inusitados da lista contagia o tímido Joseph Ayres, com quem literalmente esbarra na fila da lotérica. Ele é convencido a jogar pela tagarelice sem fim da doidinha, mesmo que relute devido aos seus princípios rígidos. O destino faz com que marquem os mesmos números e ganhem uma bolada inédita! Animada com a sorte dupla, Pauline convida Joseph para acompanhá-la em uma aventura pelos lugares mais exóticos do país. De cara, percebem o quanto são diferentes: ela é uma paulistana completamente liberal e ele é um mineirinho virgem que acabou de ser enxotado pela noiva. Disposta a fazer Joseph se permitir de verdade, Pauline estipula três regrinhas antes de iniciarem a viagem: 1) nada de usar o celular, 2) experimentar tudo o que puderem e 3) não se apaixonar. Ambos têm muito dinheiro para gastar e nada a perder, mas não podem prever que essa experiência única se tornará a mais louca de suas vidas, principalmente quando começam a quebrar as regras, uma por uma.

                                               Resenha


O que dizer de um livro que amei tanto e virou um dos meus favoritos ?


Logo desde a primeira página já estava apaixonada pela história de Joseph - um rapaz bonito, inteligente, virgem com seus 26 anos e que estava noivo de Laurene que por sinal também era virgem, mas se entregou para outro na primeira oportunidade - e a nossa personagem principal Pauline - uma mulher independente, liberal, super engraçada, bonita - que se mudou de São Paulo, pois teve uma desilusão e foi  parar  na cidade pequena de Minas.

O que acontece logo depois é o improvável , os dois jogam na loteria e por sorte do destino adivinha? 

Sim sim. Os dois ganham o prêmio e a partir dai começa a aventura pelo nosso Brasil e com isso algumas regras são impostas por Pauline que são: não usar o celular, experimentar tudo o que puderem (e pode crer que são muitas loucuras) e, claro, não se apaixonar. 

O que achei muito interessante é a evolução dos dois personagens, pois ambos mudam constantemente e o envolvimento deles foi tão mágico e muito bonito o que faz nós leitores nos apaixonarmos pelos dois e torcermos por um final feliz!

E um detalhe amores, o livro é erótico mas, não tem cenas quentes sempre; a história se passa para eles se conhecerem, saberem o que realmente querem, temos algumas reflexões, algumas brigas e insegurança dos dois  personagens, o que faz o romance se desenrolar.

Não esquecendo que o livro é intercalado entre os dois personagens e a cada começo de capítulo tem um trevo o que deixa a diagramação muito mais encantadora.

Então eu super recomendo a vocês lerem o livro, espero que possam ter a chance de se apaixonar por esta leitura.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário