Crítica | Yesterday

Título: Yesterday
Diretor: Danny Boyle
Elenco: Lilly James, Himesh Patel, Kate McKinnon, Ed Sheeran, James Gordo.
Gênero: Comédia românica / Musical
Notinha: 9.0

Sinopse:

Após sofrer um acidente, um cantor e compositor acorda em uma estranha realidade em que ele é a única pessoa que lembra dos Beatles. Com as músicas de seus ídolos, ele se transforma em um grande sucesso, mas a fama tem seu preço.



                                Crítica

Um filme todo falado em inglês britânico com trilha sonora deliciosa da maior boyband que já existiu? Pode mandar que queremos sim!

É impressionante como os Beatles como elemento importantíssimo da cultura pop mundial continua sendo fonte de tantas formas de artes e expressão, e mesmo que você meu caro minha cara não seja fã dos garotos de Liverpool, vão se sentir encantados por essa narrativa gostosinha desse sujeito (Jack interpretado pelo Himesh Patel)  típico descendente de indianos no auge da crise dos trinta, tentando ainda a sorte na música de modo autoral com exatamente uma fã que é sua adorada amiga e empresária Ellie (interpretada pela Lilly James) e seus outros adoráveis três amigos que o apoiam e seguem em seus shows fracassados, e tudo muda quando não mais que de repente ele acorda e apenas ele em todo o mundo sabe quem foram os quatro caras que se juntaram e mudaram tudo para sempre na música. 

Então ele faz o que a grande maioria de nós faria, usa as canções mais famosas do planeta como suas e assim sua não existente carreira se torna um ressurgir das cinzas daqueles apoteóticos, e nas cenas e diálogos que são hilários temos algumas participações especiais afinal o filme é sobre música né? E algumas releituras de clássicos que mesmo que não saibamos cantar, o inconsciente coletivo da gente ativa essa memória e é muito legal. É uma comédia romântica com esse fundo musical incrível e o público pode esperar tanta referência musical quanto a cultura britânica como um todo.

É também um filme muito engraçado, o personagem principal é espirituoso e as coisas que o acontecem são dignas de muitos risos para dizer o mínimo.

Filme para ver com os olhos apertados e o sorriso estampado na cara, leve, fofinho, gostoso mesmo só de ver já aquece o coração e certamente uma das canções vai ficar na sua cabeça por um tempo. As minhas foram: Let it be, All you need is love e I want to hold your hand <3

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário