Resenha: O date perfeito | Steve Bloom

Título: O date perfeito
Autor: Steve Bloom  
Editora: Alt Editora
Classificação:Nenhuma descrição de foto disponível.

Sinopse: Sobreviver ao último ano do ensino médio, fazer provas e mais provas e se preparar para a faculdade. Essas são só algumas das preocupações de Brooks, um jovem que sonha em entrar em Columbia. Porém, ele está longe de ter o dinheiro necessário para pagar o alto custo de se manter em uma universidade de elite.
Quando descobre que um colega de classe está à procura de alguém para levar sua prima ao baile de formatura, ele vê ali uma grande oportunidade de negócio: afinal, ser o par ideal de uma garota por um dia parece bastante lucrativo.
Qual é o date perfeito? Pelo preço ideal, Brooks pode ser todos...

                                                  Resenha



"O Date Perfeito" conta a história do adolescente Brooks Rattingan, um aluno estudioso que está saindo do ensino médio e quer entrar na faculdade mais concorrida e de elite: a Columbia.

Para ter seu sonho realizado, o jovem precisa de uma grande quantia em dinheiro, e ter uma nota razoável no SAT (um teste de aptidão escolar, espécie de Enem nos Estados Unidos). Atualmente Brooks, trabalha numa lanchonete com seu melhor amigo. O salário não é aquelas coisas, então ele sobrevive como pode.

Tudo muda em sua vida, quando o jovem leva uma garota em um baile, e é pago muito bem por isso. Então, ele vê a oportunidade de juntar um bom dinheiro, levando garotas de elite a festas. Depois da primeira adolescente, Brooks recebe várias ligações de pais desesperados querendo os seus serviços.

                               Será que o seu "trabalho" irá mudá-lo de alguma forma?

Brooks foi um personagem que me fez sorrir em algumas cenas, mas muitas vezes fiquei com muito ódio dele. Ele foi imbecil na maioria da história, pois em todo seu processo de ser aceito na universidade e sua vida com seu novo "trabalho" conhecendo várias garotas de elite, vai magoando várias pessoas que tentaram o ajudar, e o nosso protagonista não valoriza esses pequenos gestos e simplesmente fica pensando em seu próprio umbigo.

Então, com esse comportamento egoísta e mesquinho do personagem principal, me irritei bastante e tive vontade de largar o livro em vários momentos, porque sinceramente não estava aguentando todas as burradas que aconteceram com ele, e que poderiam ser solucionados, apenas com um pouco de diálogo e sinceridade. Então, como podem imaginar não consegui me cativar com esse personagem, infelizmente.

A leitura foi bastante rápida e fluída durante toda a narrativa da história. Mas, para mim não foi uma leitura prazerosa como normalmente faço. 

“O Date Perfeito” é aquela leitura para você matar o tempo. Mas se por acaso você leitor, se aventurar lendo essa história, indico que leia sem muitas expectativas pois pode se decepcionar.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário