Resenha: As Sombras de Outubro | Soren Sveistrup


Título: As sombras de outubro
Autor: Soren Sveistrup
Editora: Suma
Número de páginas: 416
Classificação: 

Sinopse: É outubro e a neve de outono começa a cair em Copenhagen, deixando os dias mais curtos e as noites mais sombrias... e pelas ruas geladas e escuras, um psicopata aterroriza a cidade. Em uma manhã tempestuosa em um tranquilo bairro de Copenhagen, a polícia faz uma descoberta sinistra: o corpo de uma mulher brutalmente assassinada, com uma das mãos faltando. Sobre ela está pendurado um pequeno boneco feito de castanhas. O caso é entregue à ambiciosa detetive Naia Thulin e a seu novo parceiro, Mark Hess, um investigador introspectivo que acabou de ser expulso da Europol. Logo se descobre uma evidência ligando o sr. Castanha a uma garota desaparecida há um ano: a filha da política Rosa Hartung. O homem que confessou tê-la sequestrado e assassinado está atrás das grades e o caso foi encerrado há tempos ― e qualquer insinuação contrária causa disputas e inimizades na corporação. No entanto, quando novas vítimas e novos bonecos aparecem, Thulin e Hess acham cada vez mais difícil ignorar a conexão entre o caso Hartung e o novo serial killer. Mas que conexão seria essa? E como impedir o assassino de continuar sua caçada, se ele parece sempre um passo à frente da polícia? As sombras de outubro traz o melhor do estilo thriller noir, acrescentando ao suspense clássico uma boa dose de energia. Sveistrup retrata seus personagens com sensibilidade e mostra como romances policiais podem fazer críticas contundentes às realidades sociais. 

Resenha

Suspense policial não é o tipo de livro que você acharia em grande quantidade na minha estante, mas fico sempre feliz quando um livro fora da minha zona de conforto aparece para mim, e eu tenho a oportunidade de ler algo diferente. E mais uma vez fiquei positivamente surpresa com esse livro. 

Trata-se de um suspense muito bem construído, em que ao leitor sofre tanto quanto os personagens pata ligar os pontos e desvendar todo o mistério.

Um caso solitário, acaba se transformando em assassinatos em série que podem estra ligados a um desaparecimento da filha de uma política um ano antes, que já tinha sido resolvido. Essas peças que hora se encaixam e hora parecem não ter nenhuma relação vão mexendo com a cabeça do leitor. 

O livro é grande, mas isso nem é percebido porque a leitura é muito rápida e interessante. 

E achei interessante como o autor mostrou os personagens, sem aprofundar demais, mas também não passou diretor por eles. Muita vezes, os personagens não são caracterizados em suspenses, mas aqui o autor consegue fazer isso sem perder o ritmo da história e sem deixar muito óbvio. Fora isso, o enredo é ágil, intrigante e trás uma bela surpresa no final. 

Quem gosta do gênero não pode deixar passar esse, e é uma ótima indicação para quem está começando. Esse é um daqueles livros que a gente diz que daria uma ótima série de TV ou filme. Então aqui está mais uma indicação para vocês.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário