Resenha: Man Repeller | Leandra Medine


 

                                                   Título: Man Repeller 
                                                 Autora: Leandra Medine 
                                                 Editora : Novo Conceito
                                                Número de páginas : 256
                                                 Classificação : ★★★★  


Sinopse :

Em seu primeiro livro, a badalada blogueira e queridinha do mundo fashion conta suas divertidas memórias. Com jeito insolente, uma franqueza desconcertante e fotos de seu arquivo pessoal, Leandra compartilha detalhes da noite em que perdeu a virgindade, quando esqueceu de tirar as meias soquetes brancas, e descreve o momento em que percebeu que a clutch Hermès vintage da sua avó, feita de pele de avestruz, poderia guardar muito mais do que a chave e o celular. Leandra é a prova de que não precisamos trair nosso estilo repelente nem mesmo ao procurar o vestido de noiva (que pode ser muito bem ser combinado com uma jaquetinha perfecto de organza). Exibindo as opiniões originalíssimas de uma blogueira que ganhou milhões de fãs, este livro reúne experiências divertidas e meio bizarras, uma história amor superdoce e, acima de tudo, um lembrete para celebrarmos um mundo que é feito pelas mulheres e para as mulheres.


Resenha



Um livro envolvente, com escrita simples e dinâmica. Logo quando chegou me senti completamente atraída pelo design em que veio envolvido; curiosa, resolvi ler a sinopse e me encantei. Sensação que só fez aumentar ao longo dos dias em que o li.

É o tipo de livro que você lê numa tarde, sem lembrar de comer, ou qualquer outra coisa. O livro simplesmente te puxa para ele (demorei um pouco de ler por ter alguns compromissos). Cada aventura de Leandra, faz um pouco parte de você. Em cada página, fui a conhecendo, ela vai contando acontecimentos da vida dela, de forma dinâmica porque pula a idade, de acordo com cada história. Mas, não deixa o leitor confuso, e, sim, animado para continuar a conhecê-la. Ao final do livro, você entende referências que ela faz de forma automática, como se fosse sua amiga contando daquele ficante, ou daquela festa     que foi um desastre.


Olha só! O livro tem algumas fotos dela ilustrando as diversas histórias. Adorei esse look!
Ah, lá no topo das páginas pares tem o nome com um design super fofo que diz: "Man Repeller". E nas páginas ímpares, tem o nome da autora.

Tiveram diversas histórias com as quais me identifiquei, diversos momentos de micos hilários. Chorei, sorri, torci por ela, junto com ela. E a cada página fui percebendo que  cada garota tem um pouco de "Leandra Medine" dentro dela. Seja ao acordar e não saber que roupa usar, porque mesmo com o guarda roupa cheio, não sente que nenhuma daquelas peças combina com seu estilo; seja quando o "chico" vem sem que esperemos e nos deixe envergonhada por ter que andar com um casaco amarrado a cintura, ou, pior, por sujar tudo; ou até mesmo quando decidimos superar alguém ou algo, e tudo (suas amigas, seus amigos, o telefone não funciona, queda de luz, entre outros...) vai contra nossa atitude, mas, nós vamos a favor. E Leandra, te inspira a fazer o que você sente e ir em frente, mesmo que tenha que esconder da suas amigas (risos) e contar depois, sorrindo ou chorando, mas satisfeita por ter ido a favor do que você acredita.


Olhá só! O livro tem algumas fotos dela ilustrando as diversas histórias. Adorei esse look!
Ah, lá no topo das páginas pares tem o nome com um design super fofo que diz: "Man Repeller". E nas páginas ímpares, tem o nome da autora. 

Ao falar de seus desafios, das suas compras super caras, combinações que, admito, em alguns momentos achei bizarras, demonstra que toda garota tem desafios a passar e que cada uma pode passar por eles de forma divertida, autêntica, sem procurar ser parecida ou não ser com alguém, mas ser você mesma e ir criando seus dias.


Man Repeller é o tipo de livro que vale a pena ler e deixar na cabeceira para quando surgir aquela sensação chata da auto estima diminuindo repetir a leitura, sorrir, e viajar junto com Leandra. 

Recomendo a leitura !!!

                                             Por: Ludimile Bandeira

1 comentários:

  1. Olá!!

    Nossa, não imaginei que a leitura dele fosse tão envolvente assim. Acho que vou dar prioridade para ele na minha lista de leituras.

    Beijos,

    Samantha Monteiro
    http://www.wordinmybag.com.br/

    ResponderExcluir