Resenha: Se joga! | Nancy Levin


Título: Se joga!
Sub-título: Diga sim para seus sonhos e assuma o controle da sua vida
Autor: Nancy Levin
Editora: Gente
Número de Páginas: 187
Classificação:    

Sinopse


Você não está feliz com os rumos que sua vida tem tomado e está deixando seus sonhos de lado. Sente-se num beco sem saída. E está errado! Existe uma nova rota. Só precisa fazer uma escolha – e esta é a coisa mais difícil pela qual já teve de passar. Falta coragem? Então este livro vai ajudá-lo. Nancy Levin teve de suportar uma grande dor, e sobreviveu! Sua superação aconteceu por meio do método que agora ela compartilha com você. São dez passos para se jogar em direção ao que sempre desejou, e finalmente realizar o que seu coração tanto lhe pede. Essa é uma jornada de aceitação e verdade para que você consiga visualizar-se livre. Ao fazer sua escolha, terá clareza sobre seus limites, as pessoas certas ao seu lado e autodomínio para ir aonde quiser. Quando estiver pronto, saltará. E não estará sozinho! Este livro o acompanhará para que consiga lidar com as consequências da mudança e tenha uma transição suave. Por fim, o grande trunfo: dizer sim. Para você. Para sua vida. Para seus sonhos.

Resenha


Você pode viver uma vida inteira e, no final, saber mais sobre as outras pessoas do que sabe sobre si mesmo.

Tem um tempinho que não pego um livro de parceria no tema auto-ajuda. Andei mergulhando na sci-fi e esquecendo do quanto esses livros - mesmo que você sinta que não precisa deles - nos fazem pensar e acabam por nos fazer bem. 

Em Se Joga Nancy Levin, enquanto conta sua própria história de ''caí-e-levantei'' vai nos propondo pensar em nosso própria vida e o que nos incomoda. Existe algo na sua vida que você gostaria de mudar, mas tem medo? Algo que você quer de todo coração, mas é cautelosa quanto a procurar/mudar por se ressente de que dê errado e acha que é melhor manter o status quo?

Nancy, que passou 18 anos num mal casamento, a cada capítulo, vai nos contando como ela conseguiu tanto dar o passo para pedir o divórcio, quanto melhorar seus sentimentos sobre isso e vários outros aspectos de sua vida. E a cada final de capítulo ela nos propõe exercícios de auto-reflexão que eu achei extremamente construtivos. 

O que mais gostei na escrita da Nancy é como ela parece estar próxima de nós, falando cara-a-cara e como ela não diz simplesmente ''hei, você tem que mudar isso''. Ela só nos instiga a realmente pensar sobre nós mesmos e nos guia por um caminho não-destrutivo. 

Se você procurou este livro porque está passando por um mal momento, sugiro que leve seu tempo para lê-lo e leve cada passo muito a sério. É para seu bem estar que ela, muito lentamente, aconselhando-a a mudar e repensar coisas aqui e ali. Se você chegou até ele apenas por curiosidade, aproveite e faça-se as perguntas que fiz acima. Vai ver que vai achar alguma coisa. Se Joga é um livro sincero que pode melhorar e muito nossa jornada ;)

0 comentários:

Deixe seu comentário