Crítica | Homem Aranha – De volta ao lar

Título:Homem Aranha – De volta ao lar  
Direção : Jon Watts
Elenco:Tom Holland, Michael Keaton, Robert Downey Jr. , Zendaya, Marisa Tomei, Jacob Batalon
Gênero : Ação, Aventura
Nacionalidade: EUA
Classificação :

Sinopse: Depois de atuar ao lado dos Vingadores, chegou a hora do pequeno Peter Parker (Tom Holland) voltar para casa e para a sua vida, já não mais tão normal. Lutando diariamente contra pequenos crimes nas redondezas, ele pensa ter encontrado a missão de sua vida quando o terrível vilão Abutre (Michael Keaton) surge amedrontando a cidade. O problema é que a tarefa não será tão fácil como ele imaginava.
                                

                                                  Crítica

Sabe aquela sensação boa de assistir um filme dos anos oitenta como O Clube dos Cinco ou Curtindo a Vida Adoidado na sessão da tarde? É essa a sensação que terá ao assistir a esse novo Aranha. Nada de explicações, nada de reinicio, sem morte do tio Ben, sem aranhas picando. Temos aqui um Peter Parker, já com suas habilidades, como vimos em Capitão América – Guerra Civil (Se não viu, por favor veja, vale a pena) vivendo sua vida,  tendo conflitos escolares e querendo que a garota mais popular do colégio o note. Você deve estar se perguntando: Eu já assisti os filmes do Homem Aranha, por que eu me daria ao trabalho de ver esse?

Primeira coisa, você acaba de testemunhar um marco, já que este filme é da Sony, mas tem o selo Marvel. Segunda coisa que precisa entender é que, por ser um filme feito pela Marvel, eles souberam o que fazer com o personagem, o resultado foi Peter Parker, adolescente, com dilemas reais sim, mas com sua essência preservada. Ele é o nerd, bom aluno, ao mesmo tempo que tenta se provar como um herói bom o bastante para entrar no grupo q ele idolatra desde pequeno, também conhecido como Os Vingadores. Terceira coisa: o filme é simplesmente maravilhoso.

Tom Holland é perfeito para o papel, e por mais que houvessem brigas para saber quem era o melhor homem aranha (Tobey Maguire ou Andrew Garfield) é bem provável que o novo seja uma unanimidade e agrade gregos e troianos. Ele tem carisma e o roteiro encaixa como uma luva o seu personagem, você não questiona em nenhum momento sobre a escolha para o papel foi certa, você simplesmente sabe. O filme conta com um elenco de apoio muito bom, que vai de todos da escola (sem exceção) até o dono da lojinha, não tem um personagem que não convença e aquele (a) que destoa é de forma proposital. Sim, temos tia May jovem e é ótima a dinâmica dela com Peter.

Se você viu os trailers e sabe da presença de Robert Downey Jr. Como homem de ferro e se preocupou com a possibilidade deste filme ser Iron Man 4, fique tranquilo (a), a dosagem de suas participações como mentor está assertiva e ele é o coadjuvante que deveria ser, aquilo tudo era só Marketing mesmo. E o vilão da vez? A Marvel é conhecida por trazer vilões esquecíveis para seus filmes, mas o Abutre cumpre muito bem seu papel, faz com que o espectador acredite (não aceite) mas entenda suas motivações e é o máximo que direi sem estragar o filme.

Homem Aranha – De Volta ao Lar tem o título mais propício possível, deixando nós fãs (ou você que só quer ver um bom filme) com um calorzinho no coração.  É impossível não sair da sala bem-humorado (a) com o tom solar - mesmo que tenha cenas tensas e uns plost inacreditáveis (no sentido figurado da coisa) – as piadas, o roteiro fechadinho e bem escrito, as surpresas, fora a emoção de ver o logo atual da Marvel iniciar com o tema do spider, torna esse filme acolhedor. Recomendo muito esse que é um longa para todas as idades, para família, amigos e para os fãs de quadrinho é o filme que estávamos precisando. No mais, bom filme para você!!!


OBS.: O filme tem duas cenas extras, uma que dá continuidade ao enredo, mostrando o provável problema futuro de Peter e a outra é só para entreter mesmo.

0 comentários:

Deixe seu comentário