Resenha: Inocência | Taylor Ryan


Título: Inocência 
Autora: Taylor Ryan
Editora: Nova Cultural
Número de Páginas: 319
Classificação: ★ ★ ★ ★

Sinopse: 

Amanda perde sua mãe ainda garota e se vê com o desejo enraizado de querer ser uma dama como sua falecida mãe, mas Amanda não sabe o seu sobrenome. Suja, sogada em uma sarjeta, Amanda tem, desde cedo, aprender a cuidar de si. Após uma tentativa de estrupo ela consegue um lugar num navio e no coração de um idoso de bom coração. Assim, ela parte rumo a Irlanda, em direção ao seu sonho, o sonho de se tornar uma dama da alta sociedade, mas ela jamais imaginou o que poderia vir a seguir... (sinopse feita por mim, pois a original contem spoiler).


Resenha: 

Esse foi um livro que conheci graças a minha colega; ela falava muitooo desse livro, e acabou por me contar TODA a história - o que lamento, pois não consegui me surpreender graças aos spoilers contados por ela, mas mesmo assim nutri muito interesse pela narrativa.

É um daqueles livros de romance que se fosse publicado nesse ano, com certeza seria um livro taxado como "modinha", pois tem todos os elementos para fazer a maioria das pessoas se apaixonar. Acredito que, se fosse relançado, seria um sucesso.

Amanda é uma menina-mulher, que mesmo com o seu jeito de criança consegue fazer com que todos os homens babem por ela (e olha que ela não quer causar esse efeito). Desde criança, os homens já pensam "nossa, essa será uma linda mulher; que beleza única". 

Ela quer ser uma dama, isso é muito enfatizado no decorrer da história. Amanda já tem sangue nobre, pois sua mãe era uma dama, mas nem todo mundo acredita em Amanda, acham que é apenas uma ilusão de uma criança, afinal, o que faria uma criança rica na sarjeta?

A jornada de Amanda é repleta de infortúnio. Mas o que me chamou a atenção é a narrativa da autora que é diferente de tudo que já li, pois contém os pensamentos dos personagem só que diferente do convencional.

Os pontos negativos do livro é que é difícil de se achar, só em sebos. E também algumas atitudes dos personagens que poderiam ter um rumo melhor se houvesse mais entendimento, diálogo entre eles. E houve um pouco de atitudes que não convém com a personalidade do personagem, mas, é um ótimo livro mesmo assim, eu gostei.

Mesmo com algumas coisas que me irritei o livro conseguiu me envolver e consegui sentir a história e sofrer junto com ela.

Além de uma narrativa diferente um ponto positivo que gostei bastante é que a autora fecha todas as linhas de pensamento que ela começou, e isso tá um pouco raro ultimamente porque a maioria dos autores sempre deixa algo em aberto, ou esquece de resolver, nesse, ela consegue fazer com que uma coisa lá atrás se encaixe com o desfecho.

O mocinho não deixa de ser aquele tipico cara safado que não quer nada com ninguém, mas acaba se apaixonando, é um clichê que até que foi bem usado.

Bom, essa foi a minha dica, espero que gostem, e que leiam, pois talvez se surpreendam, pois é uma trama bem movimentada. 




6 comentários:

  1. Uma pena que a amiga tenha dado tanto spoiler que não deixou margem para surpresas. Vou anotar o título, que sabe leio.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia ainda o livro e também não me despertou muito interesse.
    Abs

    ResponderExcluir
  3. Conheço esse livro e recomendo. Amo a coleção de clássicos românticos e os leio desde a adolescência.

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. Meu livro veio com defeito, quando chego na página 256 ele volta pra página 33 até a 64 e só retorna na página 289. Perdi uma boa parte da história, mas até que é legal mesmo eu tendo que criar as páginas perdidas .

      Excluir