Resenha: Histórias mal assombradas em volta do fogão de lenha


Título: Histórias mal assombradas em volta do fogão de lenha
Contos para não dormir - Livro 01
Autor: Adriano Messias
Ilustração: Marcia Széliga
Editora: Biruta
Número de páginas: 90
Classificação:

Sinopse

Histórias Mal-Assombradas em Volta do Fogão de Lenha - Em volta de um fogão de lenha, André ouve do seu avô os “causos”, as histórias de terror que passeiam por Minas Gerais. Se o lobisomem lhe parece familiar, o fantasma que bem de cima do telhado deixa rolar a cabeça, o pé, a mão; felizmente, você não deve ter encontrado ainda...

Há muitas histórias “Mal-Assombradas” nas conversas que se esticam pela noite adentro na cozinha daquela fazenda isolada e também misteriosa.

Tenha medo, muito medo porque você, leitor, vai conhecer “causos” mineiros do outro mundo.


Resenha


''Sabe, meu avô conta que Matinta Pereira é uma mulher que recebeu uma maldição. Depois de amaldiçoada, Matinta passou a andar vestida de preto, com os cabelos caídos no rosto, e a perambular pelas ruas nas noites sem luar.

Histórias mal assombradas em volta do fogão de lenha é uma coleção de ''causos'' coletados por André, de 14 anos, ao ouvir as histórias de assombração do seu avô. São histórias baseadas em vários mitos já conhecidos por nós, como o saci, caboclo d'agua, lobisomen e outras lendas brasileiras. Mas é claro, para o avô de André, elas são reais e muito.

São 10 mini-contos, bem curtinhos mesmo. Não tem muito suspense. Vemos o avô de André contando seus encontros com os seres sobrenaturais enquanto ele narra o que está acontecendo no presente (tipo, algum barulho que acontece no meio da história). 

É um livro bem tranquilo e interessante de ler. Terminei-o em uma tarde só e fiquei muito satisfeita com ele. Tava com saudade desses livrinhos de contos com mitos brasileiros. Me lembrou de quando eu era criança e tinha vários desses, com trava-línguas, parlendas, histórias sobrenaturais e tal. 

É um livro próprio e muito recomendável às crianças. Acho que estimula a curiosidade e não assusta (ou pelo menos não assustou a mim :P). Muito legal!


0 comentários:

Deixe seu comentário