Resenha: O Nome do Vento: A Crônica do Matador Rei: Primeiro Dia - Livro 01 | Patrick Rothfuss


Título: O Nome do Vento
Autor: Patrick Rothfuss
Editora: Sextante
Número de páginas: 656
Classificação: ★★★★★
Sinopse: Ninguém sabe ao certo quem é o herói ou o vilão desse fascinante universo criado por Patrick Rothfuss. Na realidade, essas duas figuras se concentram em Kote, um homem enigmático que se esconde sob a identidade de proprietário da hospedaria Marco do Percurso. Da infância numa trupe de artistas itinerantes, passando pelos anos vividos numa cidade hostil e pelo esforço para ingressar na escola de magia, O Nome do Vento acompanha a trajetória de Kote e as duas forças que movem sua vida: o desejo de aprender o mistério por trás da arte de nomear as coisas e a necessidade de reunir informações sobre o Chandriano? Os lendários demônios que assassinaram sua família no passado. Quando esses seres do mal reaparecem na cidade, um cronista suspeita de que o misterioso Kote seja o personagem principal de diversas histórias que rondam a região e decide aproximar-se dele para descobrir a verdade. Pouco a pouco, a história de Kote vai sendo revelada, assim como sua multifacetada personalidade? Notório mago, esmerado ladrão, amante viril, herói salvador, músico magistral, assassino infame.





– Resenha 


Excelente livro de estreia do Autor, onde se tem a mistura de elementos fantásticos com história medieval, este livro te deixará pensando se Kote é o mocinho ou o vilão, apesar de o livro ser grande, onde cansa a maioria dos leitores, o mesmo não é igual ao Senhor dos Anéis em seu relato sobre criaturas fantásticas, outra obra excelente.

Kote dono da hospedaria Marco do Percurso que não revela a ninguém sobre sua vida pregressa, somente o seu ajudante e aprendiz Bast sabe a verdade, porém com a chegada do O Cronista, que tem a missão de escrever um livro sobre a vida de Kote, o mesmo resolve contar a verdadeira história, pois os relatos que se tem são um pouco exagerados e fantasiosos, onde se atribui ao mesmo poderes de bruxo.

Contado sua trajetória desde criança aprendendo sobre a arte de nomear as coisas, passando pela época que foi mendigo, até a reviravolta da sua vida e conseguir entrar na universidade, para continuar aprendendo sobre os nomes e reunir informações sobre o Chandriano.

O livro trás um universo totalmente fascinante aonde o leitor irá se perder na narrativa de Kote e torcer para o mesmo ter seu final feliz.

Recomendo a leitura!

2 comentários:

  1. Um amigo meu indicou esse livro, mas eu fiquei com preguiça de ler por causa do tamanho, havia acabado de ler "guerra dos tronos" e como não gostei muito da leitura fiquei com receio, agora que o trauma está passando pretendo ler sim, parece uma história fascinante!

    Beijo,
    http://portaoazul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariana esse livro é bem diferente do estilo de Guerra dos Tronos, recomendo que leia e depois diga o que achou, beijo.

      Excluir