Resenha: Uma bruxa na cidade l Ruth Warburton

Título: Uma bruxa na cidade
Autor: Ruth Warburtun
Editora: Leya
Páginas: 344
ClassificaçãoNenhum texto alternativo automático disponível.Nenhum texto alternativo automático disponível.Nenhum texto alternativo automático disponível.

Sinopse - "Quando o amor e a magia se misturam, quem poderá distinguir a fantasia da realidade?Anna Winterson não sabe que é uma bruxa, e provavelmente zombaria de quem insinuasse algo parecido. Quando ela se muda para a cidade de Winter, começa a descobrir do que é capaz quando usa seus poderes. A confusão começa quando ela conhece Seth, o garoto mais bonito e cobiçado da escola. Numa brincadeira aparentemente inofensiva, Anna o enfeitiça para que ele se apaixone. E, sem querer, acaba deflagrando uma guerra entre dois clãs de bruxos rivais. A bruxinha quer apenas viver seu amor, mas se sua mágica é capaz de controlar a paixão de Seth, ela poderia ser tão monstruosa quanto os seres que estão tentando usar seus poderes em benefício próprio?"



Resenha



Boa noite pessoal! Essa é minha primeira resenha aqui para o Clube da Meia Noite. E vou falar um pouquinho do que achei do livro Uma bruxa na cidade.


Esse livro era muito desejado por mim, e estava louca para lê-lo. A capa me deixou bastante curiosa.

Pois bem, esse é o primeiro livro da Trilogia Winter e traz uma história um pouco batida. Lembra aqueles filminhos antigos sobre bruxas que vimos na adolescência. Entretanto, a história me prendeu bastante e me deixou bem ansiosa pela continuação. 

O livro conta a história de Anna, uma garota comum que vive com seu pai em Londres, nunca conheceu a mãe. Por questões financeiras eles têm que se mudar para uma cidadezinha no interior de Londres (Winter). Seu pai compra uma casa muito antiga no meio da floresta por um bom preço e começa a reformá-la. Anna faz o tipo cética e normal, que não almeja nada incomum para sua vida. 

No primeiro fim de semana sem seu pai Anna convida suas amigas para dormirem em sua casa. Depois de beberem um pouco acham um livro de feitiços e resolvem experimentar. Nesse momento é que a vida de Anna vai mudar completamente.

O garoto em quem ela pensou durante o feitiço é o galã da escola, é isso mesmo que você pensou, o cliché que é desejados por todas as garotas. Na manhã seguinte ele está aos pés de Anna. Deixa sua namorada e passa a segui-la como se fosse seu cachorrinho.

"O fogo estava apagado, restando apenas brasas, mas ainda havia luz suficiente para enxergar. Todas nos ajoelhamos ao redor da lareira, tentando entender a escrita rebuscada e intricada. Estava intitulado "Danos contra o Domínio Fayling" e parecia ser uma lista de ingredientes, a maior parte deles ilegível ou queimada, seguida por um feitiço que parecia estar em inglês antigo". (p.47)

A partir daí a trama muda completamente, já que Anna tenta desesperadamente reverter o feitiço e se livrar do garoto apaixonado, mesmo que ela própria tenha sentimentos por ele, e até acontece isso, mas então o mundo normal e o mundo sobrenatural se chocam na história. E tudo fica extremamente interessante. E, onde eu encerro minha narrativa para evitar spoilers sobre a história.


Apesar do livro não trazer fortes emoções inicialmente, os personagens são bem cativantes, conquistam o espacinho deles no decorrer de cada página e a história prende o leitor que fica curioso para entender o que está acontecendo na trama.

"Merecia um amor verdadeiro, não essa indesejada, hipnotizada, obsessiva zombaria - amar a despeito de si mesmo, amar contra sua inclinação verdadeira. Eu poderia muito bem ter colocado uma arma na cabeça dele, e o obrigado a dizer aquelas palavras, e elas teriam a mesma base na realidade". (p.93)
A leitura é bem leve e flui bem rápido. De forma geral, eu gostei bastante do livro, mas não é o melhor do gênero que já li.



                                               Por : Gli Freire 

1 comentários: