RESENHA: SE HOUVER AMANHÃ | SIDNEY SHELDON


Título: Se Houver Amanhã
Autor: Sidney Sheldon
                                            Editora: Record        
Número de páginas: 402
Classificação:  ★★★★ 

Sinopse:

         Crimes perfeitos, como o roubo de um quadro de Goya do Museu do prado, são um desafio para Tracy Whitney. Mas ela não é uma ladra qualquer: para vingar-se dos homens que a colocaram injustamente na prisão, Tracy torna-se uma especialista em aplicar golpes em empresários inescrupulosos. De Nova Orleans a Londres, passando por Paris, Biarritz, Madri e Amsterdam, ela desafia a Interpol com uma série de ações ousadas, tendo como rival apenas Jeff Stevens, um irresistível trambiqueiro.



Resenha:

               Se Houver Amanhã trás a história de Tracy Whitney, uma jovem exuberante vivendo o melhor momento de sua vida. Ela acaba de iniciar sua nova vida na Filadélfia, tem uma carreira promissora no banco em que trabalha, está grávida e apaixonada pelo homem com quem irá se casar. Porém mal sabe ela que sua vida está prestes a virar de cabeça para baixo.

Após conhecer os pais de seu noivo, que nem de longe foram os sogros acolhedores que ela esperava, ela volta para casa e, no meio da madrugada, recebe um telefonema relatando o falecimento de sua mãe. Sem pensar duas vezes, ela embarca na mesma hora para Nova Orleans, a fim de descobrir o que levara sua mãe à morte.

Tracy descobre que sua mãe suicidou-se, pois não suportava pensar em tornar-se um peso na vida da filha, já que as dívidas a haviam consumido. Doris Whitney foi vítima de uma quadrilha de mafiosos e um inescrupuloso golpe a fez perder tudo o que a família tinha. A filha estava feliz, bem empregada e logo estaria casada com um homem rico, formaria sua própria família. Não havia motivos para que ela vivesse e transmitisse seus problemas para a filha.

Indignada, Tracy decide tirar satisfações com o mafioso Joe Romano, assim como fazê-lo confessar o crime para limpar o nome de sua mãe, porém nada sai como o planejado. O homem tenta estuprá-la e ela atira nele em autodefesa. Ela consegue fugir, mas chega apenas até o aeroporto, onde é algemada e levada à delegacia.

Para sua enorme surpresa, ela é presa sob uma acusação totalmente diferente do que realmente fizera. Tracy Whitney é acusada de arrombar a casa de Romano e roubar um quadro valiosíssimo. Ela estava no lugar errado, na hora errada e foi usada como bode expiatório para mais um grande golpe.

Condenada, Tracy é transferida para uma penitenciária de segurança máxima, onde seus piores pesadelos se tornarão realidade. Seu noivo em nenhum momento se propõe a ajudá-la, alegando não poder se envolver em um escândalo dessa proporção. Na cadeia ela perde não só seu bebê, mas também toda a sua confiança na humanidade. Ela está terrivelmente sozinha para enfrentar os próximos dias sombrios de sua vida e jura vingança a cada uma das pessoas que a colocaram nessa situação.

Tracy usou seu tempo presa para armar todos os seus planos de fuga e vingança, porém fugir não foi necessário. Ela foi absolvida e ganhou a liberdade por ter salvado a filha do diretor da penitenciária de um afogamento e morte certa.

Se você acha que esse é o fim do sofrimento de Tracy, está redondamente enganado. Uma vez livre ela se vê novamente sozinha no mundo e entende como a vida pós-prisão pode ser difícil. Ninguém demonstra uma centelha sequer de confiança ou lhe dá qualquer oportunidade de trabalho, e é assim que ela entra no mundo do crime.           

Acontece que Tracy se descobre uma criminosa perfeita. Esperta, manipuladora, inteligente, com a beleza ao seu lado e nenhuma emoção para lhe impedir de agir. Ela se envolve em crimes engenhosos e muito rentáveis, praticando sua vingança durante sua trajetória.

Em seu percurso, mais de uma vez, ela esbarra com Jeff Stevens, um ladrão tão ardiloso quanto ela. Os dois passam a desafiar um ao outro nos mais fantásticos roubos, chegando a trabalhar juntos em alguns deles.

Por todos os lugares onde passa, realizando furtos bem calculados, Tracy nem imagina que é seguida de perto por um investigador astuto e decidido a pegá-la.  Daniel Cooper estava disposto a ir até o inferno em busca de Tracy Whitney se fosse necessário.

O enredo é bem articulado e surpreende a cada minuto. É tipo de história que muda a todo o momento e quando você acha que seu raciocínio está seguindo o caminho certo, já mudou de novo.

Mais uma vez Sidney Sheldon consegue reter a atenção do leitor de maneira fantástica. E o mais incrível desse livro é que você se sente presente em cada aventura, acompanhando Tracy Whitney por todos os lugares onde ela anda como sua sombra, ou um comparsa destemido.

0 comentários:

Deixe seu comentário