Resenha: Jogos Macabros | R. L. Stine

Resultado de imagem para jogos macabrosTitulo: Jogos Macabros
Autor: R. L. Stine
Editora: Globo Alt
Número de Páginas: 280
Classificação:

Sinopse:Tal como os outros títulos da coleção, a história se passa na velha cidade de Shadyside, nos EUA, conhecida por ser palco de acontecimentos misteriosos e aterrorizantes envolvendo os alunos da escola local. Todos na região conhecem a excêntrica e rica família Fear, e sabem também do passado terrível que os assombra. Apesar desses histórico nada promissor, Brendan Fear parece ser um garoto diferente de sua família. Gentil e simpático, o jovem vive rodeado de colegas e chama a atenção de Rachel Martin, uma garota simples, colega de classe dele.
Quando o aniversário de Brendan está prestes a chegar, ele começa a planejar uma comemoração um tanto diferente na isolada ilha do Medo, onde existe um casarão de veraneio pertencente à família Fear. Rachel é uma das convidadas para passar o final de semana no local sombrio e, contrariando os avisos dos amigos, decide ir. No caminho, coisas estranhas já começam a acontecer e, ao chegarem à mansão, Brendan dá as coordenadas para o início de um jogo que se revelará o mais mortal de todos. Repleto de reviravoltas, Jogos macabros mantém o leitor apreensivo da primeira à última página. Como todo bom enredo de R. L. Stine, a história dá espaço a fantasmas, assassinato, traição e romance, e marca, enfim, um retorno triunfal do autor à Rua do medo.
Resenha




Você já se imaginou ficar diante do seu "crush" dos sonhos, sendo convidada para ir a uma festa de aniversario do próprio, numa ilha totalmente isolada em uma casa sinistra e de uma família mais estranha ainda?  E que no decorrer da festa você vira o alvo da caçada...  esses são os apuros que Rachel  precisará passar para tentar escapar  dessa aventura ou melhor  “jogos macabros”.

A história se passa na pequena cidade de Shadyside, Rachel Martin é uma garota normal como todas as outras da sua idade, mora com os pais estes que passam por uma situação financeira nada muito favorável, estuda e trabalha um turno depois da escola, não faz parte do grupo dos enturmados populares da escola mais ainda assim vai vivendo a vidinha dela tranquilamente contando sempre com sua  amiga bem chegada a Amy.

Tudo começa em um belo dia com um convite,pois é um convite, mesmo não sendo da turma descolada do colégio ela é convidada pelo seu “crush”  dos sonhos  o Bredan Fear para sua festa de aniversario que acontecerá  na ilha do medo, Bredan Fear é o cara mais rico e nerd do colégio e também  descendente  da pavorosa família Fear... Mas enfim Bredan Fear  é só mais um garoto e lenda antiga até onde se prove o contrario, sempre será lendas antigas, o quê de ruim pode acontecer???

A felicidade de Rachel  é maior que o medo, e decidida a não perder a oportunidade  de ficar mais próxima de Bredan Fear, Rachel não ouve os conselhos da amiga  Amy e do ex namorado que a lembra de todos os mistérios que rondam a antiga família Fear e a antiga casa da ilha, mas fatos estranhos acontecem antes mesmo dela ir para a ilha a deixando um pouco confusa e atordoada sobre tudo.

Mas a apaixonite aguda por Bredan Fear não a deixa desistir da viagem e sem nem imaginar o que lhe espera ela desembarca com um grupo de amigos  numa ilha totalmente isolada do mundo sem comunicação e todos cheios de expectativas  e animação e lá o grupo de jovens  é intimado  a brincar com um jogo criado pelo aniversariante, onde tudo começa a fugir do “controle”  se tornando uma historia complicada, macabra, surreal e com varias surpresinhas inesperadas a  cada capítulo do livro, tanto para Rachel quanto para nós leitores
o que deixa o livro bem interessante.

A casa é de dar arrepios com uma  pegada teen regada a suspense, o livro tem um cenário bem condizente para uma história de terror são luzes que falham, espíritos que aparecem,sombras, infinitos corredores escuros,gritos e muito, muito medo e terror em torno de Bredan Fear e de seus  amigos  convidados.

Sobre o livro a diagramação não deixa falhar em nada, capítulos pequenos que possibilita uma rápida leitura e entendimento da história, letras em um tamanho adequado, os personagens fluem na historia e a capa, nossa ela é perfeita e linda passa tranquilamente a esfera de suspense que vai ser encontrado no livro, gostei muito do livro apesar de ser um terror suave, é uma narrativa que vai te deixar com vontade de ir correndo para o próximo e para o próximo capítulo o mais rápido possível, super recomendo.  

                                    Boa leitura!!!



0 comentários:

Deixe seu comentário