Resenha: Eu fico LoKo | Christian Figueiredo


Título: Eu fico LoKo
Autor: Christian Figueiredo
Editora: Novo Conceito
 Número de páginas: 154
Classificação: ★ ★ ★ ★


Sinopse

Eu Fico Loko - Ele só precisou de uma câmera, muita criatividade e um pouco de coragem para criar um dos vlogs mais acessados do YouTube. O EU FICO LOKO é recordista absoluto de views e inscrições, com mais de 1 milhão e 500 mil assinantes.

Para os entendedores, o Christian hoje é um vlogger e um youtuber dos mais bombados. Mas na verdade ele é apenas um cara que gosta de escrever e que transformou o papel em vídeo.

Todos os dias, milhões de jovens procuram pelo Christian em suas redes sociais para saber o que ele está pensando. O porquê desse sucesso fora do normal você vai descobrir neste livro.

Resenha

O livro "Eu fico Loko - As desventuras de um adolescente nada convencional" é publicado pelo Autor Christian Figueiredo pela editora Novo Conceito. O Christian tem um canal no youtube que faz muito sucesso. Uma curiosidade é que na semana de lançamento ele já estava na lista de mais vendidos do país, de acordo com o PublishNews.

Admito que não conhecia o autor antes deste livro, porém não exitei começar a leitura; achei a capa super legal e bem criativa. A diagramação é diferente com vários detalhes , imagens e sua fonte vai mudando ao longo do livro, o que vai deixando a leitura mais dinâmica e interativa.

É um livro que indico para pessoas para qualquer idade, tanto para alguém que está entrando na adolescência;quanto para pessoas um pouco mais velhas.

O pré-adolescente vai encontrar na leitura algumas experiências pela quais, todos nós já  passamos, por exemplo, a experiência do primeiro beijo. Sendo que nessa idade costuma ser difícil se abrir e compartilhar todas as descobertas e pensamentos logo, o leitor vai se identificar.

Enquanto que alguém com mais idade lendo este livro vai ter momentos reflexivos e  rir com alguns acontecimentos contados pelo autor.

Recomendo a leitura !

                                           Por : Ili Bandeira

0 comentários:

Deixe seu comentário