Resenha: Deixe a Neve Cair | John Green ; Maureen Johnson ; Lauren Myracle



                                                             Título: Deixe a Neve Cair
                                                            Autores: John Green ; Maureen Johnson ; Lauren Myracle
                                                            Editora: Rocco Jovens Leitores
                                                            Número de páginas: 336
                                                           Classificação: ★ ★ ★ 


Sinopse:

Deixe a Neve Cair - Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para insuspeitos encontros românticos. Em Deixe a neve cair, bem-sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. Comédia romântica com a assinatura de um dos maiores Best-sellers da atualidade, o livro é o presente de Natal perfeito para os fãs de John Green e de histórias de amor e aventura.




Resenha:


Deixe a neve cair – é um livro que contém três contos escritos por autores diferentes, Maureen Johnson, Lauren Myracle e John Green.

O Primeiro conto é escrito por Maureen Johnson “O Expresso Jubileu” , o conto é sobre uma garota chamada Jubileu que viaja por orientações do advogado da  família para a casa de seus avós no natal, pois seus pais foram presos, e acaba deixando a cidade e seu namorado para trás. Mas no meio da viagem, o trem fica preso na cidade de Gracetown por conta de uma nevasca forte, e então ela decide explorar os arredores da cidade para conhecer até que tudo se resolva com o trem e a nevasca.


É, deixe a neve cair. Deixe nevar e nevar e me enterre. Muio engraçado, vida.


No segundo conto, escrito por John Green “ O Milagre da Torcida de Natal” conta a história de Tobin e seus amigos. Tobin recebe uma ligação de um amigo que esta trabalhando em um local que se chama Waffe House, onde informa que tem varias lideres de torcidas instaladas lá por conta do trem quebrado. Tobin e seus amigos se aventuram em meio da nevasca para chegar até o local.


Já no terceiro conto, escrito por Lauren Myracle “O Santo Padroeiro dos porcos” conta a história de Addie e suas amigas. No conto Addie é uma garota que trabalha no Starbucks da cidade de Gracetown e esta muito deprimida pois terminou com o seu namorado Jeb e suas amigas estão chamando ela de egoísta por se importar somente com ela mesmo e deixar os outros de lado. Para provar que não esta sendo egoísta, ela combina com uma de suas amigas que irá buscar seu miniporco no Pet World da cidade, mas não será tão fácil pois haverá muitos acontecimentos.


O livro não me agradou muito, pois os desfechos dos contos foram bem “secos”, ficou faltando algo para me satisfazer.


O melhor conto do livro para min foi o segundo, pois teve um pouco mais de aventura e  um romance surpreendente.

Algo que me atraiu muito nos contos, foi que os autores fizeram uma mistura de personagens em cada conto, por exemplo: pegar personagens principais do primeiro conto, e inclui-los aos outros contos como personagens secundários, isso me agradou muito e foi bem divertido.  

4 comentários:

  1. Olá Déborah, tudo bem?
    E se eu te disser que ainda não li este livro? Eu sei! Isso é um absurdo! Rsrs. Mas eu estou louca para ler por que sou apaixonada por contos e adoro todos os livros de contos, pode ser o que mais tem na minha estante hahah.

    Beijos, Paula.
    http://leitoraneurotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Déborah!
    Confesso que só li esse livro quando vi que John Green tinha escrito um dos xD
    Na verdade, eu achei o primeiro conto maravilhoso, o segundo mais ou menos e o terceiro foi o pior de todos; mas não é um livro ruim (só do tipo que eu não repetiria)
    Também gostei muito dos crossovers que eles fazem nos contos e fiquei imaginando como eles conseguiram fazer isso? não dá nem pra imaginar! ;D

    http://estantedeumafangirl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Déborah,
    Ah, que pena... Diferente de você, eu super amei os contos e sou apaixonada por esse livro. Achei eles bem criativos e divertidos, e adorei os finais.
    Beijão, Tão doce e tão amarga.

    ResponderExcluir
  4. Que pena que você não gostou! Eu acho bem bobinho e clichezinho, mas adorei! haha
    Beijos, Jú
    docurailusoria.blogspot.com

    ResponderExcluir