Sessão da Meia Noite: Crítica do filme Cidades de Papel





Título original: Paper Towns
Lançamento: 2015
Direção: Jake Schreier
Estréia: 9 de julho (Brasil)
Duração: 109 minutos
Classificação: 12 anos



Cidades de Papel é uma adaptação do livro do escritor americano John Green. Para quem ainda não conhece a história sugiro a leitura da resenha do livro neste link aqui

Dirigido por Jake Schreier, e com pápeis interpretados por Nat Wolff (Quentin Jacobsen), conhecido já pelos fãs das obras de John Green por interpretar Isaac, o amigo cego de Augustus em “A Culpa é das Estrelas, lançado no ano passado; e Cara Delevigne, no papel de Margo Roth Spiegelman, que, para os nerds de plantão, interpretará Magia no Esquadrão Suicída, que será lançado em 2016.




A trama, do meu humilde ponto de vista, foi muito bem interpretada pelos atores. Porém, eu esperava um pouco mais de Quentin, que me passou uma imagem absurdamente diferente da que o livro passou. Delevigne, por outro lado, me surpreendeu pois acreditei que a atriz estragaria a imagem que Margo passa no livro. É inegável que as “duas Margos” são diferentes, mas, unindo o fato do filme não ser a interpretação do livro nas telinhas e sim, uma adaptação, com o final que tem a cara de John Green (sem spoilers eu prometo), Cara Delevigne me fez acreditar que a personalidade de Margo Roth Spigelman é aquela interpretada pela atriz, e não que imaginava quando li o livro.

Voltando ao assunto “sem spoilers”, posso adiantar que quem gosta dos livros de John Green gosta porque a característica maior do americano é surpreender os leitores, e isto é exatamente o que Jake Schreier faz.

Quem leu o livro vai gostar do filme, quem não leu o livro, gostará também pois a adaptação é a cara do público teen. Haverá aqueles que reclamarão das alterações realizadas pelo diretor, mas como já citei, o filme é uma adaptação e não uma reprodução fiel. E vamos concordar, por quê assistir algo que eu já conheço a história?

Finalizando, recomendo o filme, assistiria (e assistirei) novamente algumas tantas vezes.





Trailer Oficial:



Ah, não se esqueça, após assistir deixe seu comentário, de seu feedback, pois é muito importante. Sugestões de pautas podem ser enviadas para o e-mail gian.baum@gmail.com, com o assunto SESSÃO DA MEIA NOITE.

0 comentários:

Deixe seu comentário