Resenha: A Noiva Fantasma | Yangzse Choo

Título: A Noiva Fantasma
Autor:  Yangsze Choo
Editora: Darkside Books
Número de páginas: 360
Classificação: 
Sinopse: Certa noite, meu pai me perguntou se eu gostaria de me tornar uma noiva fantasma..
1893. Li Lan é uma jovem que recebeu educação e cultura, mas que vive sem grandes perspectivas depois da falência de seus pais. Até surgir uma proposta capaz de mudar sua vida para sempre: casar-se com o herdeiro de uma família rica e poderosa. Há apenas um detalhe: seu noivo está morto.
A Noiva Fantasma é o surpreendente romance de estreia de Yangsze Choo, a escritora de ascendência oriental que está encantando fãs por todo o mundo.
Por mais fantásticas que pareçam, as noivas fantasmas ainda resistem até hoje em parte da cultura asiática. A prática, que chegou a ser banida por Mao Tsé-Tung durante a Revolução Cultural, foi muito frequente na China e na Malaia (hoje Malásia) no final do século XIX. O casamento era usado para tranquilizar um espírito inquieto, e garantir um lar e estabilidade para as mulheres que diziam sim a maridos já falecidos. É claro que elas tinham um preço alto a pagar, e com Li Lan não seria diferente.
Evocando obras como Lugar Nenhum, de Neil Gaiman, essa obra é uma história impressionante sobre o amor sobrenatural e sobre o amadurecimento, escrita por uma extraordinária nova voz da ficção contemporânea. 

                                         – Resenha –
PS:
Vou começar falando que a gente tem um post mostrando a ansiedade para com esse livro: clique para ler
“A vida é feita de gestos e lembranças. Os sinais que nos guiam são um simples sopro de delicadeza na velocidade cruel de nosso tempo.”
 Então, vamos lá: Li Lan é nossa personagem principal. Iniciou como uma menina tímida, recatada e indefesa. Tornou-se forte, confiante, corajosa. E eu adoro quando o personagem principal tem uma evolução tão grande assim, Yangzse Choo realmente se preocupou com essa evolução.

Aliás, adorei o estilo de escrita da autora: não nos deixa largar o livro pra nada! Li Lan é cativante, e o universo cheio de crenças e histórias é muito lindo e também assustador. Yangze se preocupou com tudo, há várias notas de rodapé explicando palavras diferentes que estão ali, e também tem no final o significado dos nomes dos personagens principais, e mais aspectos da cultura chinesa.

Livros como este e, por exemplo, a série A Maldição do Tigre são meus preferidos: tem fantasia juntamente com lendas daquela determinada cultura, uma ambientação maravilhosa e personagens interessantes. Achei maravilhoso ver a morte com “os óculos” da cultura chinesa. E também notei uma grande semelhança com o espiritismo.

Porém…o problema de falar desse livro é que posso dar spoiler sem querer. E eu não quero de modo algum dar spoiler pois você deve descobrir por si mesmo o que vai acontecendo nele. É demais! hahaha
Então, vou finalizar dizendo que deu vontade de conhecer um dragão. hahaha 

“Parecia absurdo e injusto que os espíritos sofressem daqueles tormentos da carne, não tendo nenhuma. Mas, talvez nisso estivesse todo o sentido da vida após a morte.”





No fim do livro tem umas folhas maravilhosas pra arrancar e fazer Tsuru. Como eu amo tsurus, fiz!
(fica a dica: assista no youtube, o desenho não ajuda muito... só aprendi a fazer com vídeo)

E já que falei de Tsuru:

Conta a lenda japonesa que o tsuru pode viver até mil anos. É considerado o pássaro companheiro dos eremitas que se refugiavam nas montanhas para meditar, acreditando possuírem poderes sobrenaturais para não envelhecer.

Diz a lenda japonesa que se a pessoa fizer 1000 tsurus, usando a técnica do origami — arte secular de dobrar o papel, com o pensamento voltado para um desejo, ele poderá se realizar.

Inicialmente o origami do tsuru tinha apenas função decorativa, era utilizado para enfeitar o quarto das crianças. Mais tarde, o tsuru foi associado às orações, sendo oferecidos nos templos, acompanhados de pedidos de proteção. Hoje é usado como enfeite nas festas de ano novo, batizados, casamentos, entre outras comemorações.

3 comentários:

  1. Af, eu já queria ler esse livro antes... e depois dessa resenha eu só não corri para comprar ele por que realmente to sem dinheiro kkkkk' :(

    www.maisumleitor.com

    ResponderExcluir
  2. Oie! Minha prima ganhou esse livro de Natal e eu fiquei louca para ler também, mas o tempo passou e acabei não lendo. Suas críticas foram tão boas a obra que agora vou me empenhar mais para ler ele esse ano.
    Beijos!
    http://oreinoencantadodeumaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu amei esse livro, adoro e melancolia da escrita da autora, e mais, torcia por Li Lan a cada página virada. Não fiz o meu tsuru, amooooooo....não sei fazer e fiquei com medo de estragar as folhas ahahahaha
    bjs

    ResponderExcluir